15% dos novos pilotos da easyJet são mulheres

A easyJet conta com mais de 200 mulheres nos seus cockpits e 15% dos novos pilotos que entraram durante o ano passado são mulheres.

 

Quando a easyJet deu início a esta aposta, em Outubro de 2015, as mulheres representavam apenas 6% da entrada de novos pilotos. Em 2016, este valor foi duplicado e tem continuado a aumentar até hoje. Em 2020, a companhia espera atingir os 20%.

A nível mundial, apenas 5% de todos os pilotos são do sexo feminino, de acordo com a Sociedade Internacional de Pilotos de Companhias Aéreas. Desse total, pouco mais de 450 mulheres alcançam o posto de comandante

«Além de incentivarmos o recrutamento de mulheres, também reconhecemos que precisamos começar a mudar as percepções dos jovens em relação às suas carreiras, para que desta forma, consigamos melhorar o equilíbrio de género nos próximos anos.» afirmou Johan Lundgren, CEO da easyJet.

 

Veja também estas notícias.

 

 

 

 

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
O segredo para um anúncio de sucesso com 6 segundos é…
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis