8 dicas para melhorar o Employee Experience na sua empresa

Em tudo o que se refere à gestão do talento humano, não existem receitas mágicas. Mesmo assim, podemos recomendar algumas práticas que são essenciais para reforçar (ou estabelecer, se ainda não existe na sua empresa) uma estratégia de employee experience, avança o factorialhr.pt.

1. Tenha uma abordagem centrada no colaborador.
Pode parecer um óbvio, mas não é. Em todos os momentos, o foco principal deve estar no colaborador. Desde o primeiro contacto com a empresa, na abertura de um formulário de emprego, até o último dia dentro da organização.

Para isso, o processo de onboarding é fundamental tanto para a integração do trabalhador no grupo quanto para aprender a desempenhar as tarefas do cargo. Um início de sucesso, com uma comunicação clara, garante um maior envolvimento com a empresa.

2. Desenvolva mapas de experiência
Nem todos os dias de trabalho são iguais. Ao longo da vida profissional do colaborador, ocorrerão momentos-chave relacionados com o seu desempenho e com as suas expectativas e as da empresa. Um mapa de experiência serve para estabelecer todos os detalhes que compõem essas instâncias-chave. Alguns exemplos são:

–  A primeira entrevista.
– O primeiro dia de trabalho.
– Reunião com um supervisor.
– Boas-vindas do CEO.
– A primeira reunião da equipa.
– Actividades recreativas da equipa, etc.

3. Faça do colaborador um embaixador
A visão do colaborador como embaixador da marca faz parte do que é conhecido como inbound talent. Esta metodologia (como o inbound marketing) consiste em quatro fases focadas em atrair, converter, reter e fazer com que colaboradores se apaixonem graças ao employer branding da empresa.

É um compromisso de longo prazo focado em encontrar pessoal altamente qualificado, que se enquadre nos valores da empresa, e que queira fazer parte dela.

4. Aposte na comunicação interna
Sem mal-entendidos, com regras claras e em dia com as últimas novidades. Eventos importantes, actividades recreativas, novos regulamentos de saúde e segurança ou apenas um lembrete de aniversário de um colega.

5. Fortalecer os laços dentro da empresa
As organizações são constituídas por pessoas, por isso, melhorar o employee experience é um esforço conjunto.

Criar, activar e promover actividades onde colaboradores e supervisores possam conhecer-se de forma mais pessoal e lúdica, contribui para a construção de laços sociais que se traduzem em maior produtividade e dedicação.

6. Concentre-se nos objectivos e implemente métricas
Satisfação, conforto, acessibilidade, felicidade, ansiedade. Para cada instância (seja um momento chave ou do dia-a-dia) da vida profissional dos colaboradores deve existir um registo de como eles se sentem.

7. Desenvolva planos de crescimento
Uma das principais motivações para permanecer na empresa por um longo período de tempo é a possibilidade de poder crescer dentro da organização. Para isso, é importante gerar projectos viáveis ​​onde sejam valorizados esforço, competência e idoneidade. Isso ajuda a garantir a mobilidade nas diferentes hierarquias.

8. Não se esqueça da entrevista de despedida
Independentemente do motivo da saída, e a menos que seja uma situação excepcionalmente séria, na maioria das vezes a “última entrevista” é uma oportunidade poderosa para obter informações valiosas sobre a percepção do funcionário sobre a empresa.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...