A Gestão de Recursos Humanos está na moda. E é uma profissão de (e com) futuro

«Existem hoje muitas profissões novas. Mas estudar Gestão de Recursos Humanos é uma aposta de futuro. Existirá sempre actividade económica e as empresas e restantes organizações terão sempre trabalhadores – logo há sempre alguém que os tem que gerir.»

 

Por Rui Silva, coordenador Científico da licenciatura em Gestão de Recursos Humanos do ISG – Instituto Superior de Gestão

 

Assistimos nos últimos anos à automatização do trabalho. Muitas foram as tarefas e até mesmo postos de trabalho onde as pessoas foram substituídas por máquinas. É hoje perfeitamente normal para jovens de 18/19 anos, que se estão a candidatar ao ensino superior, deslocarem-se pelas autoestradas e o pagamento de portagens ser maioritariamente automático ou numa ida ao supermercado pagarem as suas compras em caixas automáticas.

Estes jovens, ao contrário dos seus pais quando tinham a sua idade, não interagem com trabalhadores em variadas situações das suas vidas.

Isto é um sinal do progresso e não é uma antevisão, preocupante, de que as pessoas deixarão de ter ocupação profissional nos próximos tempos. Neste mundo que todos conhecemos, independentemente da nossa idade actual, acreditamos verdadeiramente que sempre existirão pessoas e actividade económica. E nas empresas existirão sempre pessoas a trabalhar.

Também é verdade, e muitas vezes parece ser ignorado, que existem hoje muitas profissões novas. Ser DPO (Encarregado de Protecção de Dados ou Data Protection officer na designação original) ou trabalhar em marketing digital é hoje normal, mas há 20 anos não existiam tais profissões. E não é só na área tecnológica que têm surgido novas profissões. Várias empresas já têm um gestor da Felicidade para gerir o bem-estar e a felicidade dos seus trabalhadores. As pessoas são e serão sempre o centro das organizações – as pessoas contam e sempre contarão.

Muitas crianças que hoje frequentam o ensino básico vão ter profissões, em adultos, que hoje ainda não existem e alguém vai ter de gerir estes trabalhadores – um verdadeiro desafio.

A Gestão de Recursos Humanos está mesmo na moda!

Estudar Gestão de Recursos Humanos é uma aposta de futuro. Existirá sempre actividade económica e as empresas e restantes organizações terão sempre trabalhadores – logo há sempre alguém que os tem que gerir.

A licenciatura em Gestão de Recursos Humanos é muito enriquecedora e abrangente. Desde logo pela sua designação. Tem a vertente da gestão e a vertente das pessoas. Existem dois pilares essenciais para quem termina uma licenciatura em GRH:

· Conhecimento técnico e científico nesta área, fundamental, das pessoas. Quem termina uma licenciatura em engenharia civil, fica habilitado, por exemplo, a projectar e construir edifícios. Quem termina uma licenciatura em direito, fica habilitado, por exemplo, a elaborar pareceres jurídicos. Quem termina uma licenciatura em GRH fica habilitado, por exemplo, a desenvolver um processo de recrutamento e selecção, a gerir a formação profissional, a gerir a avaliação de desempenho dos trabalhadores, entre muitas outras tarefas.

· Conhecimento geral das pessoas em contexto organizacional. Ainda que um licenciado em GRH opte por não trabalhar directamente nas tarefas típicas de recursos humanos, a sua licenciatura permitiu-lhe adquirir um leque alargado de competências na gestão de pessoas. E como já vimos, existem pessoas (trabalhadores) em todas as organizações. Mesmo que o caminho escolhido seja, por exemplo, a área comercial, a gestão de recursos humanos está, necessariamente, presente. Poderá um bom director Comercial não ser um gestor de pessoas? Claro que não! O seu sucesso depende da equipa de comerciais. Tem que gerir a sua equipa, motivá-la, contribuir para a evolução de cada trabalhador, gerir os conflitos, etc. E isto é gestão de recursos humanos. Um licenciado em gestão de recursos humanos desenvolve bastante as “soft skills”, uma vez que domina competências chave como a comunicação, a liderança, o trabalho em equipa, a empatia, a flexibilidade e a resiliência.

É um curso completo e que possibilita um leque muito alargado de escolhas profissionais, permitindo aos profissionais adaptarem-se e terem sucesso em qualquer organização, pois em todas as organizações existem pessoas……

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*