BBC condenada por discriminação salarial

A cadeia de televisão britânica BBC foi condenada por discriminação salarial no âmbito de um processo que opunha a jornalista Samira Ahmed, pivô do programa Newswatch, à empresa. 

 

O caso remonta há dois anos atrás, quando mais de 170 colaboradoras da BBC denunciaram a uma comissão parlamentar britânica a discriminação de que eram alvo, afirmando que a cadeia de televisão atribuía salários diferentes para homens e mulheres na mesma função.

Entre os casos estava o de Samira Ahmed, apresentadora do programa Newswatch. A pivô acusava a televisão pública de discriminação e exigia uma remuneração igual à de Jeremy Vine, que apresentava um programa de conteúdo semelhante, mas recebia um ordenado superior. Em causa estava uma disparidade de 2900 euros por programa. Jeremy Vine recebia cerca de 3600 euros por programa enquanto Samira Ahmed recebia 700 euros.

O tribunal do trabalho de Londres concluiu por unanimidade que a BBC não forneceu evidências convincentes de que a diferença salarial fosse por outras razões que não a discriminação de género.

A cadeia de televisão alegou que Ahmed e Vince desempenhavam funções muito distintas, mas o tribunal não deu como provado o argumento. Apesar da condenação, a sentença não clarifica se Samira Ahmed receberá ou não a compensação que requeria. Porém, a BBC já assumiu publicamente que trabalhará em conjunto com a jornalista para alcançar o melhor entendimento possível.

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
O segredo para um anúncio de sucesso com 6 segundos é…
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis