BP: Rumo a relações mais abrangentes

Com mais de seis mil clientes activos em Portugal, o cartão frota bp tem vindo a diversificar a sua oferta, considerando outros serviços como portagens e serviços de carregamento para veículos eléctricos.

 

Depois de dois anos extremamente desafiantes para o segmento de frotas com sérias limitações à actividade dos clientes, a bp antecipava um 2022 de total regresso à normalidade pré-pandemia. «Tal verificou-se em vários aspectos do negócio, com o segmento de mercado de cartões destinados a frotas a evoluir no sentido de diversificar a sua oferta, considerando outros serviços como portagens, produtos de loja, serviços de gestão de frota e serviços de carregamento para veículos eléctricos, resultando em relações comerciais mais abrangentes e benéficas tanto para os clientes da bp como para os seus fornecedores», comenta Carlos Pereira, responsável de vendas no negócio de Frotas da bp para Portugal e Espanha. Mas os desafios continuam a existir nomeadamente com os impactos que a guerra na Ucrânia tem tido nos preços das matérias-primas e que colocam cada vez mais pressão nas empresas. «É inevitável que estas alterações afectem igualmente os nossos clientes que procuram soluções que se apresentem como mais vantajosas e lhes permitam responder ao aumento de custos», comenta, destacando o permanente papel da BP no apoio ás empresas e instituições de solidariedade social do mercado nacional.

A bp disponibiliza três tipos de cartão frota entre os quais o cliente pode escolher dependendo do que melhor se adequa às suas necessidades. Os cartões BP + Aral, BP Plus e BP Bonus oferecem soluções de gestão e serviços abrangentes para ajudar o cliente a gerir a sua frota de forma eficaz, como a BP Fleet Solutions.

Além disso, acrescenta o responsável de vendas no negócio de Frotas da bp para Portugal e Espanha, «trata-se de uma oferta que proporciona soluções inovadoras de energia e mobilidade, adaptadas à dimensão da frota do cliente, com flexibilidade de preços e carga de trabalho reduzida graças a uma série de ferramentas simples e seguras, como, por exemplo, um sistema avançado de detecção de fraudes, serviços de gestão online e relatórios precisos sobre consumos de combustível».

Com o cartão BP + Aral os clientes podem ainda pagar convenientemente todas as portagens e serviços em viagem, assim como ter acesso a serviços de assistência/ reparação em caso de avaria, podendo gerir todos os seus gastos nos serviços de gestão online da bp.

Já no caso do cartão BP Bonus – destinado a grupos e associações -, apesar de não se tratar de um meio de pagamento, permite obter um desconto imediato sempre que abastecer num posto de abastecimento bp.

 

A pensar nas pequenas empresas
O Cartão BP Plus tem vindo a ser reformulado na sua oferta no sentido de incluir condições vantajosas para as pequenas e médias empresas. Nesse âmbito, a bp Portugal tem investido na competitividade da sua oferta e no acompanhamento das pequenas empresas disponibilizando opções que lhes permitam usufruir de serviços que anteriormente só estavam à disposição de grandes empresas de transporte como são os serviços de portagens, serviço de gestão de frota, digitalização de serviços, entre outros.

Carlos Pereira sublinha que o cliente de frota no mercado nacional tem evoluído muito nos últimos anos, «estimulado pela necessidade de renovação da oferta e de condições comerciais, com reflexo óbvio na rentabilidade do seu negócio no qual o custo do combustível tem especial importância». Desta forma o factor “preço do combustível” continua com especial relevância na tomada de decisão.

Por outro lado, explica, «a propensão para um mercado cada vez mais global, focado na transição energética vai permitir ao cliente de frota uma diversificação de abastecimento energético e junto com adicional optimização da sua base de custos associados».

Aliás, um dos grandes desafios para a bp, assim como para todo o sector, é a transição energética. «Com uma procura cada vez maior por energia e face a metas cada vez mais exigentes em termos de sustentabilidade ambiental e redução das emissões de carbono, as empresas do sector tiveram que se adaptar rapidamente. Essa adaptação estende-se à oferta colocada à disposição do consumidor, mas também à sua actividade em geral, com o intuito de fornecer as respostas de que o planeta e as pessoas precisam», explica.

O responsável garante que a bp já está a descarbonizar e a diversificar o seu negócio, investindo em energias de baixo carbono. Para além disso, está a apostar na mobilidade eléctrica, sendo que em Portugal já dispõe de 20 postos de abastecimento que disponibilizam carregadores eléctricos e que estão localizados nos principais eixos rodoviários, numa parceria com a EDP Comercial. Adicionalmente, através do acordo estabelecido com a Iberdrola, para acelerar a infraestrutura de carregamento de Veículos Eléctricos em Portugal e Espanha, a bp prevê a instalação e operação inicial de 5.000 pontos de carregamento rápido até 2025 e até um total de 11.000 pontos até 2030, nos dois países, com particular destaque para uma extensa cobertura do mercado nacional com uma rede de carregadores rápidos e ultra-rápidos nas zonas de maior conveniência para os nossos clientes. A bp pretende ainda duplicar o nível de investimento actual no que considera ser os seus cinco negócios de crescimento da transição: bioenergia, conveniência, carregamentos eléctricos, renováveis e hidrogénio.

«E é a par disto que queremos continuar a crescer no segmento de cartões frota e a oferecer um serviço de excelência para os clientes apoiando-os igualmente no seu processo de descarbonização, nomeadamente através uma rede estruturada de LNG na Península Ibérica que permitirá aos clientes de transportes pesados adicionar esta opção ao seu trajecto.»

Mas sempre tendo em consideração que um factor essencial nos serviços que as companhias fornecedoras de energia como a bp disponibilizam aos seus clientes frota é a cobertura da sua rede. A bp conta em Portugal com uma rede de excepção, não só pela qualidade dos seus postos de abastecimento, mas também pela abrangência que a mesma tem no território nacional. Não obstante, «na bp Portugal procuramos sempre superar desafios e evoluir no sentido de encontrar as localizações ideais na perspectiva do cliente profissional desde o ponto de vista de acessibilidade e de garantia de serviços de qualidade», assume.

 

Inovar é essencial
Mas a transformação digital não é uma aposta de agora na agenda do cartão frota bp. Carlos Pereira salienta que as plataformas digitais e de gestão de frota são hoje uma solução ideal para garantir a eficiência no controlo de custos de operação e fidelização de clientes. «Esta digitalização permite à bp assegurar um serviço de qualidade transversal a todo este segmento e contribuir para a eficiência do trabalho das empresas que a escolhem.»

A inovação é essencial para a bp, seja nos combustíveis para responder às exigentes necessidades dos clientes, seja na facilitação de processos ou na resposta às tendências do mercado com novas soluções adaptadas à procura.

A bp assegura soluções de energia competitivas e com elevados níveis de fiabilidade para o seu negócio e apoia os seus parceiros e clientes na identificação de melhores alternativas energéticas, através do seu know-how.

Com mais de seis mil clientes activos do cartão frota bp em Portugal, as soluções da bp para o segmento de frotas representaram 36% no negócio da empresa em Portugal em 2021. «E estimamos que pesem 34% em 2022, pelo crescimento do consumo privado versus profissional», revela o mesmo responsável.

 

Abastecer na BP compensa
A mais recente campanha da bp Portugal relembra os portugueses de que abastecer na bp compensa e isso é algo que se estende, naturalmente, aos clientes de frota. A rede de mais de 500 postos de abastecimento de norte a sul do País – com acesso a lojas abertas 24 horas por dia, sete dias por semana -, disponibiliza vários serviços e produtos de alta qualidade ajudando o cliente a continuar a sua actividade com o maior conforto possível. «Por ser cliente frota bp, tem ainda acesso, através das nossas parcerias, a mais de 4.000 postos de abastecimento TOTAL na Europa, e a 20.000 postos de abastecimento em 32 países graças à rede ROUTEX – uma aliança internacional entre a BP, Aral, Circle K, Eni e OMV», salienta Carlos Pereira.

Outra vantagem prende-se com a qualidade dos combustíveis como é o caso do combustível bp ultimate com tecnologia ACTIVE, que para além de formar uma barreira contra a sujidade nas partes críticas do motor, permite conduzir até 56kms extra por depósito.

Para além disso, a bp conta já com o Programa Fuel and Charge, que oferece uma rede de carregadores eléctricos rápidos e ultrarrápidos nos postos de abastecimento estratégicos.

Adicionalmente, a oferta bp de LNG (Gás Natural Liquefeito) actualmente existente, será ampliada com o objectivo de cobrir as principais vias de transporte nacional e internacional.

A empresa tem em vigor desde Abril deste ano uma oferta de abastecimento na Península Ibérica, para o sector de Truck & Bus, que permite aos clientes aproveitar uma rede de 1.400 postos de abastecimento nos dois países com especiais condições de competitividade sem prejuízo do seu planeamento de frota.

E durante os meses de Verão esteve também activa uma campanha de incentivo a frotas de veículos ligeiros ao abrigo de protocolos existentes com diversas associações, o que permitiu aos clientes usufruir da qualidade dos combustíveis BP Ultimate com descontos muito competitivos.

Ao nível de comunicação a empresa tem estado sempre muito activa. Em Abril, a bp promoveu uma campanha publicitária nas redes sociais com parceiros do sector Car & Van e, em Junho, foi o patrocinador energético principal da AgroSemana em Vila do Conde com informação detalhada sobre a oferta bp para frotas. Já este mês de Novembro está em exposição no Congresso da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Mercadorias. Tudo para manter a marca BP e as suas ofertas atualizadas, na vanguarda no que respeita à qualidade de serviços, e com isso conquistar novos clientes, mantendo-os genuinamente satisfeitos.

 

Este artigo faz parte do Caderno especial “Gestão de Frotas” publicado na edição de Novembro (n.º 143) da Human Resources.

Caso prefira comprar online, tem disponível a versão em papel e a versão digital.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.