Casafari quer recrutar 50 pessoas em Portugal

A Casafari, startup que recorre à inteligência artificial aplicada ao sector imobiliário, quer contratar pelo menos 50 profissionais de várias áreas em Portugal até ao final do ano.

 

O escritório da tecnológica em Lisboa conta com uma equipa composta por mais de 15 nacionalidades que será reforçada para «responder ao processo de forte crescimento» em Portugal e à «crescente procura» pelos seus serviços. A Casafari pretende contratar python developers e técnicos de operações para as áreas de data e software, bem como reforçar as equipas de vendas e recursos humanos.

«Estamos num processo de rápido crescimento, com uma forte procura por parte dos nossos clientes e pretendemos reforçar a equipa para acompanhar este momento e preparar o futuro. Queremos atrair, recrutar e trabalhar com os melhores talentos para continuar a desenvolver a nossa plataforma e a inovar junto dos nossos clientes», explica Nils Henning, co-fundador da Casafari.

A plataforma agrega mais de oito milhões de referências de imobiliário na Alemanha, Espanha e Portugal, de sete mil fontes sobre imóveis dispersos e repetidos por diferentes páginas na Internet. Através do sistema criado, a Casafari consegue identificar quando várias páginas divulgam o mesmo imóvel e disponibiliza a informação aos agentes imobiliários num único local.

A Sotheby’s International Realty Portugal, várias agências RE//MAX, JLL, Savills, Fine&Country, Century21, Engel & Völkers, Keller Williams, Lucas Fox, Christie’s e a Coldwell Banker estão entre os seus clientes.

 

Veja também estas notícias.

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Trotinetes hive chegam à app Free Now
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift