Como ajudar sem sair de casa? Simples, através do voluntariado online

Mesmo com o isolamento social, é possível contribuir para ajudar pessoas e causas vulneráveis através do voluntariado online. 

Em tempos de pandemia, diversas iniciativas procuram ajudar quem está mais vulnerável durante a crise do coronavírus. Com a imposição do isolamento social, o voluntariado online tem-se mostrado como uma óptima forma de ajudar quem precisa mas sem sair de casa. Além de ter um impacto positivo na vida de outras pessoas, o trabalho voluntário pode ser um grande diferencial na altura de procurar emprego ou para entender melhor o seu papel no mercado de trabalho, refere o site napratica.org.

Segundo Marcelo Nonohay, especializado em transformação social, o coronavírus aumentou ainda mais a vulnerabilidade de pessoas que já se encontravam em situação de risco. Com isso, mais do que nunca, elas precisam de apoio, ajuda voluntária e doações. «Grupos vulneráveis estão a enfrentar consequências muito sérias com a crise de saúde. Os voluntários também estão a sofrer com a situação, as mortes e o agravamento da situação de pobreza e miséria. O trabalho voluntário é uma via de mão dupla que pode ajudar os dois lado», explica.

A sociedade como um todo beneficia com o trabalho voluntário. «Vamos sair melhores desta crise, se soubermos aproveitar esta oportunidade para ajudar os outros. A ideia é ajudar as pessoas em dificuldade e diminuir o mal-estar psicológico que a situação causou. Esse encontro não pode agora ser presencial, porque temos que evitar o contacto físico, mas existem muitas maneiras de se ajudar mesmo à distância, como o voluntariado online».

Como funciona o voluntariado online

O voluntariado online não é exactamente uma novidade. O programa de trabalho voluntário da Organização das Nações Unidas (ONU), por exemplo, há alguns anos que incentiva que as pessoas contribuam de forma remota. «Quando eu junto a minha vontade, capacidade de trabalho, talentos, coisas que eu sei fazer bem e o meu tempo e dou isso em prol de uma causa social, eu faço voluntariado. Quando a isso juntamos as tecnologias de informação e a comunicação, consigo fazer o voluntariado online».

Exemplos de iniciativas do voluntariado online: pessoas que se conectam com idosos para socializar e acompanhá-los durante a quarentena; profissionais que oferecem aulas ou acompanhamento escolar a crianças que têm ensino à distância; grupos que se mobilizam para recolher equipamentos eletrónicos que podem ser doados a crianças de modo a facilitar o acesso ao ensino à distância; psicólogos que oferecem acompanhamento psicológico; pessoas que divulgam campanhas de angariação online, etc.

«As pessoas costumam falar na falta de tempo como um dos motivos para não fazer trabalho voluntário. Agora muitas pessoas trabalham de casa pelo que estão no momento certo para se conectarem e fazerem o bem, mesmo à distância. Todos os dias vejo pessoas que precisam de ajuda. Se eu quero oferecer-me para ajudar uma criança a estudar, às vezes na minha própria família ou no meu ciclo de amigos consigo encontrar pessoas interessadas e que precisam desse trabalho. É muito importante fazer essa conexão», salienta.

Como o voluntariado pode desenvolver a sua carreira

Dedicar-se ao voluntariado online é também uma boa oportunidade para profissionais que perderam o emprego por causa da pandemia ou estão à procura de um novo trabalho. «Talvez agora seja mais difícil para a pessoa arranjar um novo emprego, então por que não manter a sua acção voluntariamente? Se eu sou administrador, ofereço uma consultoria grátis. Se eu sou um professor, ofereço aulas, etc. Mesmo num trabalho voluntário que não tenha a ver com a sua profissão, pode mostrar no currículo que se manteve em actividade, que foi um cidadão activo na sociedade. Isso hoje em dia é cada vez mais valorizado num processo selectivo».

Quem quer começar um voluntariado online precisa descobrir quais os tipos de trabalho voluntário online que lhe interessam mais. Depois, é preciso perceber quanto tempo tem disponível por semana e quais os horários. Também é importante planear durante quanto tempo o voluntário gostaria de fazer o trabalho. Com o planeamento acertado, chegou a agora de procurar uma organização social ou pessoas que possam beneficiar do trabalho. Entre em contacto com os interessados e acerte os temos do trabalho voluntário.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*