Como fazer os colaboradores felizes (é muito simples)

Se não quer arriscar perder os profissionais mais competentes e ser trocado por outra empresa, está na altura de agir. E, na verdade, é bem mais simples do que julga. 

 

É importante criar um ambiente de trabalho que os faça sentir-se em casa. A motivação e a felicidade andam de mãos-dadas nas organizações.

A pensar nisso, cinco executivos de topo partilharam com o “Inc.” as suas dicas sobre como ter uma equipa mais feliz e motivada. Tome nota:

  1. Crie uma incubadora de inovação. «Misture os membros da equipa e crie grupos com a função específica de apresentar ideias inovadoras» para problemas que nem sabia que existiam, recomendou Shelly Sun, fundadora e CEO da BrightStar Care. O resultado é uma cultura mais forte. Assim, «estará a dar aos seus funcionários a oportunidade de pensarem em projectos menos convencionais e, em muitos casos, pode ser um escape das suas funções diárias. Vai encorajá-los a estar atentos e a surpreender continuamente a chefia», explicou, sublinhando ainda que, além de aumentar a moral dos colaboradores, também permite perceber os talentos escondidos da equipa.
  2. Foque-se no que as pessoas fazem e oiça-as. Celebre as pequenas conquistas. Não olhe apenas para os resultados. Mostre como o empenho de cada um está a contribuir para o negócio. «Isso irá demonstrar que se preocupa com a forma de pensar dos seus funcionários e motivá-los a usar as suas abordagens para a resolução de problemas», mentes e os motiva a usar sua abordagem única para a solução de problemas», aconselhou Tony Libardi, presidente da Marco’s Pizza.
  3. Esbata hierarquias. Opte por criar um ambiente de trabalho colaborativo onde todos têm o poder de partilhar ideias. Na U.S. Lawns, «construímos grupos de trabalho funcionais, encarregados de lidar com projectos específicos», partilhou Ken Hutcheson, presidente da U.S. Lawns. «Esses grupos são formados por elementos com vários níveis de experiência. Deixam-se os títulos à porta, o que incentiva a equipa a mostrar os seus talentos», referiu ainda.
  4. Dê liberdade aos colaboradores. Dê autonomia aos seus colaboradores para tomar decisões. Deixe que cada um seja independente e confie no seu trabalho sem ter de interferir nele a toda a hora. Isso mesmo defende David Mesa, chefe de Desenvolvimento do PJ’s Coffee: «Deve estar à vontade com a ideia de permitir que os seus funcionários cometam erros para garantir que eles têm a oportunidade de aprender com eles».
  5. Desafie os seus colaboradores. Incentive os seus funcionários a ir além da sua zona de conforto. «Comece por tarefas que podem não ter tanta pressão como as outras e não deixe de acompanhar o processo enquanto dá orientação sempre que necessário», explicou John Patinella, CEO e presidente da Money Mailer. E reforçou: «À medida que os seus pares se tornarem mais confortáveis com essas tarefas e também mais confiantes nas suas habilidades, faça com que assumam projectos que exijam maior grau de responsabilidade».
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
The Glenrothes, Highland Park e Brugal juntam-se ao portefólio da PrimeDrinks
Automonitor
Abarth Rally Cup e ERC prontos para voltar a ligar os motores