Comunicação é uma arte?

Por Vera Norte, Co-Founder & Managing Partner do Comunicatorium

 

Na grande maioria das vezes que converso com responsáveis de empresas CEOs , diretores, responsáveis de equipas, e falamos de pessoas, a conclusão é unânime : elas, as pessoas são o problema mais desafiante, o mais difícil de gerir.

Dizem-me que:

– Passamos muito tempo a resolver conflitos, mal entendidos, suscetibilidades

– Grande parte do tempo passamos a resolver problemas de comunicação.

– As pessoas não comunicam entre elas.

– Há verdadeiros silos dentro das empresas, tribos.

– As pessoas são diferentes e reagem de forma diferente àquilo que lhes comunicamos.

– As pessoas têm relações preferenciais e isso tem influência no desempenho.

– Não conseguimos passar a mesma mensagem a todos.

– Depende muito das pessoas, alguns não têm jeito para comunicar.

– As chefias não comunicam o que lhes passamos.

Cada vez mais falamos na importância das pessoas, eu gostaria de acrescentar a importância da comunicação. Não a comunicação empresarial não é uma arte, nem um talento que apenas alguns têm. A comunicação é um processo e uma competência individual. Implementa-se e aprende-se.

É fundamental que a empresa perceba a sua cultura faça o seu diagnostico de perfil de comunicação e implemente os processos necessários para que a comunicação interna na empresa funcione. A comunicação organizacional estabelece os processos de comunicação em toda a organização vertical e horizontalmente. De quem, para quem, com que frequência, em que canais.

 Mas não é suficiente, é fundamental que as pessoas aprendam a comunicar. Percebam o impacto que a comunicação tem nas relações que estabelecem com os outros, percebam as diferenças e adaptem o seu estilo aos seus interlocutores. Não há liderança sem comunicação. Comunicar pode aprender-se, porque, não tenho duvidas, a comunicação é fundamental para a melhoria dos resultados das organizações.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...