Criação de empresas em Portugal diminuiu 21%

De acordo com o mais recente Barómetro da consultora Informa D&B, em Janeiro foram criadas 5174 novas empresas, um recuo de 21% face ao mesmo período de 2019, que tinha sido o mês com mais criação de empresas nos últimos 10 anos.

 

Esta quebra acentuada no nascimento de empresas é transversal a todos os sectores de actividade, com excepção dos Transportes, onde nasceram mais 17,3% de empresas que em Janeiro de 2019.

O barómetro revela ainda que, todos os sectores registaram uma redução muito acentuada nos encerramentos. No primeiro mês de 2020 encerraram menos 43,2% de empresas do que no período homólogo.

Já as insolvências aumentaram, tendo sido registado um aumento de 18,6% das novas insolvências face ao período homólogo.

Desde 2013 que este indicador registava uma tendência contínua de diminuição. No ano passado, a queda nos novos processos de insolvência já não foi tão forte como nos anos anteriores, prenunciando alterações nesta tendência, que se acentuou no último trimestre de 2019.

Os Serviços empresariais e a Agricultura e outros recursos naturais são os únicos sectores que não registam uma subidas das insolvências. Apesar de uma subida muito reduzida (+2%) as Indústrias são o sector com mais casos de novas insolvências (52).

Entre os distritos mais representativos em número de empresas, Lisboa, Setúbal e Aveiro registam um crescimento nas novas insolvências; Porto e Faro têm menos insolvência que em Janeiro do ano passado.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...