Foram estas as 10 profissões cuja procura mais aumentou em 2022

A pandemia alterou por completo a definição de emprego e local de trabalho. Desde horários desfasados ao teletrabalho, o mercado de trabalho está a mudar em todos os sentidos. O Linkedin divulgou a lista de empregos mais procurados em 2022.

 

A rede social optou por cruzar os dados dos empregos cuja taxa de crescimento aumentou significativamente nos últimos cinco anos em oito países.

São estes os 10 empregos mais procurados este ano:

1. Responsável de vendas
Um dos empregos mais procurados este ano é responsável de vendas. De uma forma geral, este é um profissional que lidera departamentos, cujo objectivo é a optimização máxima das vendas. Como? É simples: através da sua eficiência e da identificação de oportunidades de crescimento.

2. Assistente de facturação
Um assistente de facturação trabalha, normalmente, no departamento de contabilidade de uma empresa. Assim, este profissional gere a emissão de facturas, o controlo de pagamentos e tem ainda outras funções associadas.

 

3. Representante de Desenvolvimento de Negócios
Já ouviu falar nesta profissão? Os representantes de desenvolvimento de negócios são, por norma, vendedores em início de carreira que ficam responsáveis por identificar e alcançar potenciais clientes. Esta é uma função importante para a actualidade e sem a qual muitas empresas não sobreviriam.

4. Analista de produtos
Um dos empregos mais procurados em 2022 é o de analista de produtos. Trata-se de um profissional que avalia os produtos de uma determinada empresa e verifica se estes satisfazem as necessidades actuais e futuras do mercado.

5. Consultor em Administração Pública
O consultor em Administração Pública é um tipo de consultor que aconselha as instituições públicas em várias áreas. O objectivo final é obterem um serviço melhor. Alguns exemplos são a modernização das infraestruturas ou ainda a melhoria dos sistemas informáticos.

6. Engenheiro de robótica
Este profissional é responsável pela construção e testagem de robôs. Sendo que as competências mais comuns são a automação de processos, robótica e Phyton. Além disto, é importante ainda referir que o tempo médio de experiência para as pessoas que pretendem assumir este cargo é de, geralmente, 6,5 anos.

 

7. Engenheiro de Machine Learning
Os engenheiros de machine learning desenvolvem, programam e testam sistemas de inteligência artificial para aplicações e produtos. Profissionais com cargos anteriores como o de Engenheiro de Software, Cientista de dados ou engenheiro de dados são os mais prováveis para agarrarem esta profissão.

8. Engenheiro de fiabilidade de sites
Já assumiu funções como engenheiro de Software, engenheiro de servidor ou como consultor de DevOps? Então esta talvez seja a sua profissão do futuro.

Este profissional cria e implementa ferramentas de software para maximizar a fiabilidade e a eficiência de um sistema informático. Além disto, saiba que as competências mais comuns são Amazon Web Services, DevOps e Docker.

9. Arquitecto de Cloud
O arquitecto de Cloud é responsável pelo conceito e pela posterior construção de ambientes em nuvem (Cloud), que se adaptam às necessidades comerciais de uma empresa.

No fundo, trata-se de uma profissão que tem vindo a ser cada vez mais procurada tendo em consideração a rápida evolução nos meios digitais e tecnologias dentro das organizações.

10. Engenheiro de dados
Este profissional constrói sistemas que transformam os dados brutos de uma empresa em maneiras úteis para usos analíticos. Para que consiga ter uma ideia, as competências mais comuns são Hive, Hadoop e Apache Spark. Além disto, o tempo médio de experiência antes de assumir o cargo é de cerca de nove anos.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.