Empresa inglesa dá quatro dias de férias extra a não fumadores

Trata-se de uma medida implementada pela empresa KCJ Training and Employment Solutions, localizada no Reino Unido, que pretende compensar os trabalhadores que não fumam, pelas pausas que os colegas fumadores acabam por fazer durante um dia de trabalho.

 

De acordo o jornal britânico Daily Mail, é esta a justificação dada pelo fundador da KCJ,  Don Bryden: «Estive atento aos trabalhadores que fumam. Fumam quatro, cinco ou até 10 cigarros num dia e demoram cerca de 10 minutos lá fora em cada cigarro. Reparei que os restantes trabalhadores, durante essas pausas, continuam ao telefone, a escrever e a tentar terminar o trabalho, achei que deviam ser compensados.»

Para além deste prémio servir para compensar aqueles que não fumam, também acaba por ser um incentivo para que muitos trabalhadores deixem de fumar. Consciente de que dificilmente isso se faz de um dia para o outro, Bryden ressalva que «se o fizerem em 12 meses, terão também os quatro dias de férias extra».

O fundador da empresa pretende também acabar com mau ambiente profissional, evitando que os funcionários se tornem «mais um número», devolvendo-lhes uma motivação extra para encararem de melhor forma o seu trabalho diário.

De relembrar que esta não é uma situação inédita, uma empresa japonesa decidiu aplicar a mesma medida, em 2017, com a diferença de que a recompensa era de seis dias de férias extra, ao invés de quatro.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...