Este mestrado português em Gestão de Informação volta a estar entre os melhores do mundo

O mestrado da Nova Information Management School (Nova IMS), em Gestão de Informação, com especialização em Gestão do Conhecimento e Business Intelligence, volta a ser reconhecido como o melhor do mundo na área, pelo quarto ano consecutivo, pelo ranking Eduniversal.

 

O coordenador científico do curso, Miguel de Castro Neto, explica que «a gestão das empresas e das organizações exige hoje competências reforçadas ao nível da capacidade de análise e decisão com base em dados. O montante de dados produzidos actualmente é verdadeiramente impressionante. E é essencial – e sê-lo-á cada vez mais – que o gestor moderno saiba transformar essa informação em valor para a sua organização».

No final de 2020, a quantidade de novos dados criados atingiu os 44 biliões de gigabytes – 90% dos quais apenas nos últimos dois anos. A International Data Corporation prevê que esse número atinja os 175 biliões de gigabytes em 2025.

A recolha e capacidade de análise da informação – com recurso às mais avançadas técnicas de data analytics e ferramentas de inteligência artificial – são, por isso, skills extremamente valorizadas pelo mercado, com aplicação transversal aos vários sectores de actividade.

A Nova IMS vê ainda reconhecidos mais seis mestrados e pós-graduações entre os melhores do mundo, com destaque para o mestrado em Estatística e Gestão de Informação, com especialização em Análise e Gestão de Risco, que ocupa o segundo lugar a nível mundial, e para a pós-graduação em Gestão de Informação e Business Intelligence na Saúde, na terceira posição a nível global.

Seis dos programas analisados foram considerados ainda como sendo os melhores de Portugal e encontram-se no top 3 a nível europeu.

«A qualidade do ensino da NOVA IMS, nestas áreas emergentes do conhecimento, fica bem patente nos vários lugares de topo alcançados. Este é um feito que temos alcançado, ano após ano, com grande consistência e que é um grande incentivo para continuarmos a formar profissionais naquelas que são, realmente, as profissões do futuro. Vivemos em ambientes que são cada vez mais globais e de ‘Big Data’, nos quais a NOVA IMS, alinhada em torno da sua assinatura estratégica – ‘From Data to Value’ –, está crescentemente a afirmar-se a nível internacional, como estes resultados, hoje divulgados, bem comprovam», nota o director da NOVA IMS, Pedro Saraiva.

O sistema de avaliação internacional da Eduniversal abrange mais de 5500 mestrados, pós-graduações e MBAs em 154 países. Assenta num sistema de ‘scoring’ que cruza múltiplas variáveis, como a opinião dos recrutadores, o nível de excelência da escola, o salário no primeiro emprego, o nível de satisfação dos alunos – medido através de inquérito – o número de diferentes nacionalidades registadas nos cursos, entre outros.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...