Estes negócios são à prova de vírus (e até cresceram durante a pandemia)

Há sectores de actividade a prosperar durante a pandemia de COVID-19, mesmo com a economia em pausa, e há quem esteja mesmo a olhar para a crise que o mundo atravessa como uma oportunidade para dar o salto.

 

A revista de negócios norte-americana “Inc.” revela que a pandemia está a ser uma oportunidade para o sector tecnológico nos Estados Unidos, sobretudo com milhões de pessoas em quarentena ou isoladas nas suas casas e com a passagem para o teletrabalho.

Um relatório de Abril da rede social LinkedIn concluiu que o sector tecnológico deu um salto de 2,3%, o que significa que empresas como Zoom, Comcast, Dish Network, Verizon e AT&T se mantiveram resilientes. As vendas do Zoom, por exemplo, dispararam 169% face ao período homólogo, fixando-se em 328 milhões de dólares em Abril.

Em Março, escreve a “Inc.”, a plataforma de mensagens Slack registou um aumento de 2,5 milhões de utilizadores em apenas alguns dias, enquanto o Zoom viu um aumento de 354% em novos utilizadores em relação ao ano passado.

No mesmo sentido, empresas que levam o ginásio e a prática desportiva até casa das pessoas, como a fabricante de bicicletas Peloton também têm conseguido resistir aos choques provocados pela Covid-19. A empresa registou um aumento de 94% nas suas subscrições durante o primeiro trimestre do ano.

A “Inc.” faz ainda notar uma «enorme procura» por profissionais de saúde, como enfermeiros e cuidadores de saúde ao domicílio, acrescentando que esta é uma tendência que «não foi afectada pelo vírus».

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*