Fiscalização ao cumprimento do teletrabalho vai apertar

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta tarde que vão aumentar as acções de fiscalização nas empresas para garantir o cumprimento da obrigatoriedade do teletrabalho, sobretudo no sector dos serviços, uma vez que se tem verificado “um grande incumprimento”.

 

«Onde o teletrabalho é obrigatório, ele vai mesmo ser respeitado», garantiu António Costa, na conferência de imprensa desta tarde, em que foram anunciadas as novas medidas decididas no Conselho de Ministros de sexta-feira, suportadas pelo prolongar do Estado de Emergência por mais 15 dias, confirmado ontem pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O primeiro-ministro avançou ainda que a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, já deu autorização para «acções efetivas para se verificar o cumprimento da obrigação do teletrabalho».

pub


Comentários
A carregar...