Há uma empresa portuguesa na elite europeia dos providers de habitação pública, social e cooperativa

A Gebalis – Gestão do Arrendamento da Habitação Municipal de Lisboa foi admitida na Housing Europe, a Federação Europeia de Habitação Pública, Cooperativa e Social. Esta é a primeira empresa portuguesa a ser admitida na elite europeia dos providers de habitação pública, social e cooperativa.

«Este é um grande momento de reconhecimento para uma empresa pública de âmbito municipal que se rege pelos mais rigorosos critérios de gestão da causa e da coisa pública. Esta é uma distinção para ser partilhada não só por todos os cidadãos de Lisboa, mas também por todos os portugueses que acreditam na imprescindível missão de termos empresas públicas bem geridas e reconhecidas como tal, nas mais importantes instâncias internacionais», refere Pedro Pinto de Jesus, presidente do Conselho de Administração da Gebalis.

Esta parceria vai permitir à Gebalis e ao Município de Lisboa ter uma voz mais forte tanto a nível da União Europeia, como a nível nacional, mantendo-se actualizada dos desenvolvimentos importantes das políticas europeias nos domínios da Energia, Regulamento Financeiro e Assuntos Urbanos. E tendo acesso a evidências de apoio ao desenvolvimento da intervenção a nível local e nacional, partilhando metodologias de trabalho já testadas no terreno com resultados comprovadamente positivos, integrando projetos europeus e, ainda, participando em eventos internacionais do sector, onde passa assim a ser uma voz activa e representativa de Portugal.

A Housing Europe foi fundada em 1988 e é uma rede de 44 federações nacionais e regionais que reúne cerca de 43.000 providers de habitação pública, social e cooperativa pertencentes a 23 países. No total, abrange mais de 26 milhões de habitações, cerca de 11% das habitações públicas existentes na UE.

A Gebalis é responsável pela gestão de mais de 23 mil unidades de habitação social localizadas em 66 bairros residenciais, que se distribuem pelas 24 freguesias da cidade, com uma população estimada em cerca de 64 mil pessoas. Este parque habitacional público em Lisboa constitui 11,4% dos alojamentos familiares de residência habitual e ocupa o terceiro lugar a nível nacional. A estimativa da população lisboeta residente em habitação social assume um peso de 10,7%, o que corresponde também a um terceiro lugar a nível nacional.

pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*