Human Resources de Junho já disponível. Conheça o estado da arte das competências em Portugal, na sociedade e nas empresas

A edição 126 da Human Resources já está disponível online. O destaque vai para o tema das competências, dividido em duas vertentes: o estudo “Estado da Nação”, que traça uma retrato da Educação, Emprego e Competências em Portugal, e o XXVI Barómetro Human Resources, que coloca o foco na realidade das empresas. Mas os motivos de interesse não ficam por aqui. Confira o alinhamento completo. 

 

O estudo “Estado da Nação: Educação, Emprego e Competências em Portugal” é da Fundação José Neves e faz uma retrospectiva das principais dinâmicas destas três áreas durante a última década, identificando as principais tendências nas qualificações dos portugueses. São os resultados desse estudo que apresentamos na edição de Junho, bem como uma entrevista a Carlos Oliveira, presidente executivo da fundação, que analisa as principais conclusões e partilha as metas definidas até 2040, para «tornar Portugal numa sociedade do conhecimento.

Ainda parte do tema de capa, porque uma dos destaques também vai para as competências, temos a 36.ª edição do Barómetro Human Resources, que revela se as empresas têm os profissioniais com as competências adequadas e qual a importância que este tema assume. Mas surge um outro dado relevante: a saúde mental dos colaboradores está a deteriorar-se e os líderes parecem não ter as competências necessárias para lidar com isso.

Como habitualmente, também não faltam as entrevistas, e na 126.ª edição temos duas protagonistas: Inês Lima, directora.geral da Macdonald’s Portugal, e Noelia Sánchez Redondo, directora de Recursos Humanos em Portugal de uma das empresas mais faladas na actualidade, a Pfizer.

Nos artigos, volta a estar em foco o tema do teletrabalho. Numa perspectiva internacional, do MIT, chegam-nos algumas dicas sobre “Como evitar que o regresso aos escritórios seja uma montanha-russa emocional”. E de Portugal, duas docentes da Universidade Europeia analisam os resultados de um estudo que nos revelam “As duas faces da moeda teletrabalho”.

O tema da liderança também surge novamente em relevo, desta vez com o performance consultant Tiago Gomes Santos e reflectir sobre “Qual o motor da motivação dos profissionais”.

Nas Boas Práticas, damos a conhecer como a C&A está a «criar uma experiência de trabalho onde os colaboradores se sintam seguros, saudáveis, desenvolvidos e comprometidos», e partilhamos igualmente uma nova ferramenta que a sociedade de advogados Morais Leitão está a usar no recrutamento, atraindo e retendo os melhor recorrendo a técnicas de jogo.

Espaço ainda para um Especial sobre Reputação (OnStrategy) e para o Caderno Formação. onde partilhando as práticas de 9 empresas: Cegoc, Fidelidade, Fórmula do Talento, Vila Galé, I Have The Power, Jaba Recordati, Microsoft, Randstad e Sofia Calheiros.

E muito mais, numa edição a não perder.

Confira o alinhamento completo aqui.

Seja na versão online ou em papel, não deixe de comprar.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...