Imprensa internacional põe os olhos no “sucesso” de Portugal na luta contra a COVID-19

De acordo com o Diário de Notícias (DN), a imprensa internacional tem tentado descobrir a razão pela qual Portugal tem sido a “excepção” latina no sucesso ao combate à COVID-19. Noção do perigo e medidas atempadas são as conclusões a que chegaram.

 

Tal como vários meios de comunicação social fizeram nos últimos dias, o  jornal suíço Le Temps relembra que Portugal é o mais isolado geograficamente e que só teve casos da COVID-19 importados de Itália e de Espanha e não por via directa da China.

Além disso, o Le Temps reforça a ideia que o país aprendeu com o que se estava a passar noutros países como Espanha e Itália e protegeu-se rapidamente.

Em declarações a esta publicação, a directora executiva do DN, Catarina Carvalho afirmou que a chave do sucesso foi “a rigorosa disciplina observada pela população”. Ao que o jornalista João Miguel Tavares acrescentou: “Quando as autoridades nos pediram para ficar em casa, já estávamos todos em casa!”

Os media internacionais – como o RTBF, o site da Radio Televisão franco-belga, ou a rádio francesa France Inter – destacam o facto de o estado de emergência, ter sido decretado ainda o país tinha apenas 100 casos de infecção.

«O primeiro-ministro socialista António Costa logo entendeu que quanto mais durasse a crise da saúde, mais dramático seria o impacto no turismo, um sector essencial para a economia portuguesa. Ele, portanto, optou por tomar medidas radicais num estado ainda inicial, para sair dessa situação de contenção o mais rápido possível e para reiniciar o turismo o mais rápido possível», escreve o Le Temps, citado pelo DN.

A France Inter também analisou o comportamento social português e sublinha que enquanto Espanha, tão afectada pela COVID-19, tem medidas de confinamento muito restritivas, os portugueses também o estão mas sem sanções ou necessidade de haver certificados de viagem. E cita António Costa: «Os portugueses são tão disciplinados que a repressão é inútil».

A mesma publicação ensaia ainda uma explicação política para o sucesso nacional no combate a esta pandemia, em relação aos espanhóis. Diz que há uma coligação de esquerda no poder desde 2015, embora neste momento não exista nenhum acordo formal entre o PS e o PCP e o BE, enquanto em Espanha ocorreram quatro eleições gerais, o governo é actualmente de coligação entre PSOE e Unidas Podemos, e tem ainda lidar com uma crise institucional na Catalunha.

A rádio reforça ainda a ideia de que Portugal emergiu da austeridade muito antes e com sucesso, com menos austeridade e menos cortes na saúde. Portanto, conclui, é «um país melhor preparado».

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Reprise, Initiative, Unilever e Somersby são os grandes vencedores dos Prémios SAPO
Automonitor
Já pode encomendar o novo Citroën C1 JCC+ desde os 14.727 euros