Já há um restaurante em Lisboa que aceita pagamentos com criptomoedas

O Ajitama afirma ser o primeiro restaurante de ramen em Portugal a aceitar pagamentos com criptomoedas. Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Dogecoin, Litecoin, DAI e USDC são as criptomoedas aceites pelo restaurante que pretende acompanhar esta era da digitalização financeira.


A cultura de Inovação é para António Carvalhão e João Ferreira, fundadores do Ajitama, fundamental para que o seu restaurante seja «o primeiro restaurante de Ramen em Portugal a oferecer a possibilidade de efectuar pagamentos com criptomoedas e garantir, assim, mais um método de pagamento disponível para os seus clientes». Para além de que «acresce a vantagem de ser um pagamento digital, com a tecnologia contactless, o que confere alguma segurança e higiene adicional numa altura em que esses aspetos são cada vez mais valorizados pelos consumidores».

Mas como se processa tudo? No momento do pagamento, o Ajitama insere o valor numa aplicação de transacções com criptomoedas, que faz a conversão automática em euros – tendo em conta o valor da criptomoeda nesse momento. É criado um código QR que pode ser lido pelo smartphone do cliente, através da app que tem alojada a sua conta de criptomoedas. Por fim, basta autorizar o pagamento.

A este propósito, o Ajitama lançou ainda um cocktail para oferecer a todos os clientes que pagarem com criptomoedas. Com o nome de Satoshi Nakamoto, criador da primeira moeda digital a circular, o cocktail é composto por whisky japonês Nikka, café, sementes de sésamo tostadas e pepitas de yuzo.

pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*