Mercer destaca oportunidades de investimento

A 5.ª edição desta iniciativa contou com a presença do Ministro Miguel Poiares Maduro e de Luís Laginha, CEO da Euronext Lisbon.

A Mercer Portugal, consultora nas áreas de talentos, benefícios, pensões e investimentos, realizou no passado dia 6 de Março, no Altis Grand Hotel, em Lisboa, a 5.ª edição do Simpósio de Investimentos, onde foram abordados diversos temas como as oportunidades de investimento do ciclo económico atual, bem como apresentada uma avaliação dos mercados ao nível dos investimentos, de forma a proporcionar uma visão de como os investidores poderão gerir melhor os seus portefólios.

A edição deste ano contou ainda com a presença de Miguel Poiares Maduro, Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, que num discurso inspirador e motivador referiu que “só mais e melhor investimento permitirá acelerar o processo de redefinição do nosso perfil de especialização, para uma economia mais baseada nos sectores de bens e serviços transaccionáveis, isto é, de bens e serviços exportáveis ou susceptíveis de substituírem importações.” O Ministro referiu ainda que “é também o investimento, tendo por objectivo impulsionar a competitividade e a internacionalização da economia, que está na mira do próximo ciclo de programação de fundos europeus, o Portugal 2020. Com efeito, ao domínio da Competitividade e Internacionalização estão alocadas mais de 40% das verbas dos fundos estruturais, sem entrar em linha de conta com os montantes do domínio afim de fomento do Capital Humano”. Por esse motivo, “as empresas serão o grande destinatário dos recursos do Portugal 2020, e muito em particular as pequenas e médias empresas, às quais se destinarão mais de 6.000 milhões de euros, especificamente consagrados a reforçar a sua competitividade e a alavancar a sua internacionalização”, concluiu.

Já Luís Laginha, CEO da Euronext Lisbon, apresentou um enquadramento mais focado na própria empresa inicialmente, explicando a sua missão e objectivos. Na segunda parte do seu discurso referiu, entre outros aspectos, que existem muitos desafios que se colocam ao mercado actualmente, sendo que o cenário legal, bem como o regulamentar, são dois dos principais.

Por outro lado, Luís Laginha referiu ainda durante a sua apresentação que os Investidores Institucionais representam uma grande fatia do nosso mercado, tendo muita relevância neste domínio, sendo que “Portugal necessita de investidores institucionais que possam fazer crescer o mercado”, concluiu.

As restantes apresentações foram realizadas por responsáveis da Mercer Portugal, sendo ainda abordados tópicos como a acção perante a alteração das circunstâncias, procura de novas fontes de crescimento, gestão de risco e das oportunidades a beneficiar no presente ambiente de recuperação. Foram também partilhadas avaliações de mercados para os interessados em tirar partido deste ponto de viragem do contexto económico e financeiro.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*