Nestlé: «Confiança e respeito são os pilares da construção e consolidação de uma organização inclusiva, centrada nas pessoas», afirma Maria do Rosário Vilhena

Pertencer à Nestlé, significa pertencer a algo maior e a ter a oportunidade de fazer a diferença, impactando positivamente o mundo – “Be a force for good”. É este propósito que a marca reforça na sua comunicação e que (também) justifica o orgulho dos seus colaboradores e a boa reputação enquanto entidade empregadora.

 

Na Nestlé “tocamos” a vida de milhões de pessoas todos os dias através do trabalho que fazemos e dos produtos que criamos. Desta forma, contribuímos para um futuro mais feliz e saudável para os indivíduos e famílias, para as comunidades e para o planeta.

O ano de 2020 foi difícil e desafiante, com características trágicas e uma dinâmica única, e que veio confirmar a relevância do papel que a Nestlé desempenha em Portugal, enquanto companhia líder em alimentação e bebidas. Em virtude da súbita e grave crise que impactou o canal Horeca, devido à pandemia, alavancámos a nossa inovação e apoiámos as nossas marcas com o objectivo de potenciar as oportunidades de consumo em casa. Este caminho foi extremamente reconhecido, na medida em que ajudou o consumidor a manter os seus hábitos de consumo em contexto de confinamento.

Os excelentes resultados que obtivemos são consequência directa da crescente confiança que a Nestlé tem vindo a ganhar e a confirmar, nos últimos anos, junto da sociedade portuguesa.

Especificamente, em 2020, trabalhámos para conseguir cumprir três principais prioridades:

  1. Proteger as nossas pessoas e as suas famílias, apoiar a sociedade, as comunidades e os nossos parceiros de negócio;
  2. Assegurar a continuidade dos negócios, garantindo a cadeia alimentar durante os duros meses de confinamento a que todos estivemos sujeitos em 2020;
  3. Promover a sustentabilidade ambiental das nossas operações e liderar a transformação end-to-end do sistema alimentar (Regenerative Food System).

O cumprimento destas três prioridades resultou em elevados níveis de confiança, percebidos por todos os nossos stakeholders.

 

Uma empresa human-centric
As nossas pessoas têm orgulho da Nestlé – dos nossos produtos e marcas – e anseiam por serem parte de algo maior, que impacte positivamente o mundo. Para que o possamos garantir, é essencial que asseguremos um “human-centric” contexto de trabalho, em que asseguramos oportunidades de crescimento, de as pessoas serem desafiadas para além da sua área de conforto e de desenvolverem trabalho com um verdadeiro impacto. Confiança e respeito são os nossos pilares na construção e consolidação de uma organização inclusiva e centrada nas pessoas.

Num ano tão desafiante, as nossas pessoas mostraram como estão à altura do desafio, confirmando estarem extremamente alinhadas com a nossa estratégia e com a nossa forma de estar nos negócios, incluindo a forma como as protegemos e aos nossos parceiros. De acordo com o nosso inquérito de clima organizacional – Nestlé&Eu – 95% das nossas pessoas sentem-se orgulhosas por trabalhar na Nestlé e afirmam estar totalmente alinhadas com os objectivos da empresa; e 94% dos colaboradores sentem que o ambiente de trabalho na Nestlé é promotor da diversidade cultural e de género.

Numa organização com mais de 2300 pessoas, representando 43 nacionalidades, trabalhamos diariamente para assegurar que todos eles sem excepção se sentem respeitados na sua individualidade, dando respostas às suas necessidades específicas, enquanto se sentem unidos em torno de um propósito e valores comuns.

Na Nestlé Portugal, desde 2017 que temos vindo a introduzir e consolidar formas de trabalho flexíveis, com base nas quais asseguramos que cada colaborador organiza de forma autónoma o seu tempo e local de trabalho. Promovemos, em paralelo, formas de trabalho baseadas na colaboração e em equipas de trabalho multi-funcionais, apoiadas em metodologias agile e sustentadas pela transformação digital, como por exemplo o desenvolvimento de competências digitais, introdução de novas tecnologias, e o “rethink” de todos os processos e formas de trabalho por forma a assegurar que são “digital by design”.

Acreditamos que, mais do que worklife balance, devemos promover uma abordagem integrada das diversas dimensões da vida dos nossos colaboradores, pelo que estas novas formas de trabalho são devidamente apoiadas por um programa holístico de promoção da saúde e do bem-estar, que integra medidas e iniciativas da mais diversa ordem, tais como consultas de nutrição, mindfulness, apoio psicológico no âmbito da saúde mental, promoção do exercício físico, e criação de ambientes de trabalho inclusivos.

Reconhecendo os particulares desafios que a situação pandémica trouxe às lideranças, temos vindo a desenvolver programas e iniciativas de apoio aos líderes da nossa organização, por forma a que possam desenvolver uma liderança de proximidade, assente nos valores da humanização, transparência e empatia. Uma das iniciativas promovidas neste âmbito foi o “Thrive in Change Day”, onde tivemos a oportunidade de organizar digitalmente sessões – entre 20 a 45 minutos – para momentos de partilha de informação sobre os mais diversos temas – Microsoft Teams, Leading in Virtual Context, Mental Health, Resiliência, etc. – com vista à capacitação e bem-estar dos nossos colaboradores. Criámos igualmente fóruns de discussão e de partilha, onde, em conjunto e com base em técnicas coaching, os líderes têm a oportunidade de partilharem boas práticas e de em conjunto encontrarem soluções para desafios comuns.

Não obstante, como todas as demais organizações, sentimos a crescente necessidade de continuar a reforçar o “sense of belonging” e garantir que todos os colaboradores se sentem parte da Nestlé, mesmo sem a grande maioria estar há mais de ano presencialmente com os seus colegas. Assim, temos apostado fortemente em comunicar, através de ambientes digitais e offline, com os nossos mais de 2000 colaboradores, por meio de formatos interativos e engaging, para garantir que todos continuam informados e a sentirem-se parte da Nestlé. Temos ainda procurado fomentar a interacção entre colaboradores através de equipas multidisciplinares e da promoção do trabalho colaborativo, como forma de garantir o contínuo contacto entre as nossas pessoas.

Por outro lado, através do envio regular de gifts para a casa dos colaboradores temos criado engagement em acções simples, mas muito apreciadas internamente, como fizemos, por exemplo, no dia do Pai, com o envio de um doce presente a todos os pais da Companhia.

Em contexto fabril, e uma vez que a maioria dos nossos colaboradores das Fábricas de Avanca e do Porto continuam a garantir a produção, realizamos acções no próprio local, garantindo todas as condições de segurança e a inclusão de toda a nossa força de trabalho neste tipo de acções de engagement.

 

Estratégia com duas vertentes
A nossa estratégia de Employer Branding (EB) tem uma forte vertente interna e, neste sentido, a colaboração com a Comunicação Interna tem grande importância. O facto de querermos, cada vez mais, que os nossos principais embaixadores (os colaboradores) sejam promotores da marca empregadora Nestlé, faz com que o forte posicionamento interno da nossa estratégia de EB seja essencial.

Por outro lado, adaptámos as várias iniciativas desenvolvidas no âmbito de EB ao contexto actual. Um dos exemplos, foi a passagem dos nossos programas de trainees e actividades para jovens a um contexto 100% online, atingindo a marca de mais de 50 eventos digitais direccionados para este target.

No que diz respeito à atracção de novos talentos, a nossa estratégia assenta em dois pilares, que são a base da nossa Employee Value Proposition (EVP):

  1. Mostrar como é fazer parte da Nestlé e o impacto que podem ter “as a force for good” – alinhado com o nosso purpose de desenvolver o poder da alimentação para melhorar a qualidade de vida de todos, hoje e para as gerações futuras;
  2. Dar a conhecer a nossa cultura, ambiente de trabalho e ways of working.

 

Acreditamos que, através destes dois pilares, vamos conseguir atrair o melhor talento para a Nestlé e posicionar a nossa marca empregadora no mercado como uma marca de referência e atractiva, particularmente no sector FMCG (Fast Moving Consuming Goods), para o perfil de candidatos que procuramos. Pertencer à Nestlé, significa pertencer a algo maior e a termos a oportunidade de fazermos a diferença – “Be a force for good”.

A pandemia veio acelerar a importância da comunicação do propósito das companhias e marcas. As marcas que melhor souberem comunicar o seu propósito, conseguirão, certamente, alcançar melhores resultados no que diz respeito à atracção e retenção de talento. Nesta medida, para o futuro, pretendemos continuar a investir nos pilares estratégicos definidos no nosso EVP, relacionando, cada vez mais, a nossa atractividade enquanto marca empregadora ao purpose da Nestlé. Queremos atrair novos talentos que se identifiquem com o propósito de “desenvolver o poder da alimentação para melhorar a qualidade de vida de todos, hoje e para as gerações futuras”.

A pandemia veio efectivamente realçar o interesse das pessoas em fazer parte de empresas que tenham um forte e claro propósito; muitos estudos comprovam esta tendência. Por exemplo, o estudo divulgado recentemente pela World Federation of Advertiser (WFA) “What Marketing Talent Wants”, realça isso mesmo, com a maioria dos inquiridos do estudo a referir como principal atributo para considerarem mudar de empregador o forte e claro propósito da companhia.

Assim, a comunicação externa ganha acrescida relevância no que diz respeito ao sucesso de uma estratégia de EB. Em 2020, por exemplo, no estudo RepScore divulgado pela On Strategy, fomos considerados a empresa com melhor “Ambiente de Trabalho” em Portugal, o que nos enche de orgulho e que contribui para a boa reputação da Nestlé enquanto entidade empregadora.

Parelamente, o reconhecimento da Nestlé como a marca corporativa número um em reputação no país, com um score de 84,7 (estudo da consultora OnStrategy, Janeiro 2021), é igualmente uma indicação do impacto de todo o trabalho que temos vindo a desenvolver junto de todos os stakehodlers.

O mundo do trabalho nunca mais será o mesmo, e importa que as organizações tenham a capacidade de se reinventar, e de operar num contexto de incerteza e mudança constantes, em que propósito e valores são necessariamente o referencial constante. Enquanto Recursos Humanos, temos um papel-chave a desempenhar nesta transformação, sendo importante antecipar tendências e trazer propostas “out of the box” sobre como atrair, motivar e reter talento.

Enquanto Nestlé Portugal, estamos conscientes do nosso papel fundamental enquanto “big player”, na partilha do nosso conhecimento especializado e de primeira classe, e contribuindo para o desenvolvimento da economia nacional e das nossas comunidades, trabalhando para um futuro mais sustentável. Somos orgulhosamente a “Good Food, Good Life” company, e todos os dias trabalhamos para ser a “force for good”

 

Este artigo faz parte do Especial “Employer Branding”, publicado na edição de Abril (n.º 124) da Human Resources, nas bancas.

Caso prefira comprar online, pode comprar a versão em papel ou a versão digital.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.