O futuro da transformação digital são as pessoas

A IDG declarou, num dos seus últimos relatórios, que 91% das organizações (inquiridas neste estudo) adotaram ou têm planos de adotar uma estratégia empresarial de ‘Digital-first’.

Por Brian Kozan, Global Head of Delivery da AWS Skills Guild

Estatísticas como esta captam o peso do movimento em direção à cloud e à transformação digital. Embora não haja uma forma de o fazer, a adoção de tecnologias de cloud é um componente chave para muitas organizações. A cloud pode ter impacto nas operações, produtos e serviços de uma organização, e muda a forma como os colaboradores trabalham.

Cada organização é diferente, e como as capacidades da cloud são tão versáteis, um dos aspectos mais desafiantes de qualquer transformação digital passa por definir e medir o seu sucesso.

A cloud tem o potencial de impactar todos os cargos, departamentos e linhas de negócio, de diferentes formas. Não existe um único KPI que se ajuste a todos. Algumas organizações vão apoiar-se em métricas que são definidas por objectivos empresariais, metas e KPIs. Mas, na nossa experiência, alcançar uma transformação digital bem sucedida não tem apenas a ver com o sucesso da tecnologia, tem a ver com pessoas e cultura.

Consideramos importante concentrarmo-nos na medição de comportamentos, e na importância de se tentar coisas novas primeiro, sem medo de falhar, o que acaba por impulsionar os limites da inovação. Ao incutir esta cultura de experimentação, a organização irá transformar-se continuamente, mesmo à medida que os profissionais de negócio e os KPIs mudem ao longo do tempo.

Quando os líderes empresariais estão a considerar orientar a sua organização para uma estratégia empresarial digital-first, o que podem fazer para assegurar que a transformação seja bem sucedida, impactante, e sustentável?

Concentrarmo-nos na criação de uma cultura de aprendizagem e experimentação.

Coloque-se estas perguntas:

· Como deveriam os nossos colaboradores estar a usar a cloud?

· Como irá impactar cada indivíduo e influenciar o seu papel?

· Qual é a linha temporal para construir a fluência da cloud dos colaboradores?

· Como sabemos que alcançámos uma transformação cultural de sucesso?

Analisar a experimentação, e não apenas os resultados

A tecnologia pode ter um impacto generalizado em toda a empresa, mas é frequentemente medida em KPIs comerciais tradicionais. Por exemplo, poderá haver poupanças de custos decorrentes da mudança para a cloud a partir de uma infraestrutura no local. Ou, uma equipa treinada na cloud pode conseguir ciclos de implementação mais rápidos ou utilizar menos recursos, porque podem agora construir de forma mais eficiente.

Há uma oportunidade de medir o impacto da transformação digital de forma diferente e que proporcione um valor mais significativo, de longo prazo: a capacidade de inovação dos seus colaboradores. As organizações em transformação devem considerar se o seu tradicional benchmarking ainda capacita as pessoas a inovar livremente.

Um aspecto chave para incentivar o comportamento inovador é o incentivo à perseverança apesar do fracasso. Quando as pessoas estão a aprender algo novo, precisam de liberdade para, por vezes, se enganarem. O fracasso não é tradicionalmente popular no mundo dos negócios, mas pode realmente ser o maior professor. Através da tecnologia de cloud as pessoas são agora capazes de falhar com um impacto mínimo.

Quando se incentiva e mede o talento que exibem os comportamentos inovadores corretos, em vez de se limitar aos resultados tradicionais dos KPI, dá-se permissão para falhar nove vezes para à décima tentativa, bem sucedida, alcançar o sucesso. Essas dez tentativas servem para tornar a ideia, a inovação, e a pessoa, mais forte e podem conduzir a uma, ou mais, vantagens empresariais competitivas. Os seus colaboradores ficam preparados para enfrentar novas ideias e alcançar o sucesso através da inovação, mesmo que esta não funcione da primeira vez.

Eduque os seus colaboradores para que façam parte da sua transformação digital

Outro elemento a considerar na medição do sucesso da transformação digital é a penetração da educação para a cloud e o envolvimento dos colaboradores com esta tecnologia. 95% dos inquiridos de um estudo recente realizado pela Aberdeen concordaram que é importante ou extremamente importante que a força de trabalho seja qualificada em capacidades de cloud computing para transformações digitais.

A forma como se constrói e se retém talento também pode ser uma referência interessante para medir o sucesso do lado cultural de uma transformação digital. Investir na fluência dos seus colaboradores na cloud e na aprendizagem contínua leva a uma melhor compreensão do que a transformação digital significa para o cargo, para a equipa, e para a organização como um todo. Ajuda a avaliar a sua capacidade de impacto no sucesso da empresa, através da aprendizagem e experimentação contínuas.

O mesmo estudo concluiu que as organizações com boas formações tinham uma taxa de retenção de funcionários de 17,4% mais elevada e uma permanência de funcionários de 19,3% mais elevada em comparação com as organizações médias. Quando as pessoas compreendem porque devem estar a aprender e a obter as ferramentas para melhorar continuamente os seus conhecimentos, alimentam um crescimento mais rápido – muitas vezes em novas e mais estimulantes direções, utilizando as novas ferramentas à sua disposição.

Investir numa cultura de aprendizagem contínua

Se 2022 vai ser o ano do lançamento da sua organização numa nova era digital-first, considere que uma transformação bem sucedida, impactante e sustentável depende da forma como o investe e apoia os seus colaboradores para perseguirem os seus próprios futuros cloud-first.

Construir fluência na cloud para toda a organização e ajudar os seus colaboradores a compreender o que a cloud pode fazer e como pode ter impacto no seu próprio projecto, departamento, ou função é fundamental. Também lhes dá permissão para tentarem. Este tipo de mudança cultural pode desencadear inovação em todas as áreas da negócio, e quando as pessoas estão preparadas para fazer parte e ter sucesso na mudança, todos ganham.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*