O “novo normal” trouxe novas tendências para os Recursos Humanos. Saiba quais.

Ninguém sabe como será a vida depois da pandemia causada pela Covid-19. Para já assistimos às mudanças que obrigam as organizações a se reinventar. Aos desafios inerentes à gestão, outras questões entraram na lista de preocupações dos lideres, como o crescimento dos casos de ansiedade e depressão entre os colaboradores.

É urgente pensar além da produtividade, tendo em consideração os processos que auxiliem todos os aspectos da vida dos colaboradores, pois se crise pandémica veio colocar alguma coisas na ordem do dia foi a necessidade das empresas olharem para a saúde física e mental dos colaboradores.

 

Se antigamente esta questão era negligenciada pelas organizações, quando os colaboradores passaram a home office, perderam o contacto diário e tiveram uma mudança inesperada. Nessa altura surgiram as incertezas, como a possibilidade de despedimento, perda de clientes, falta de estrutura, o que potencializou algum desconforto o qual afectou o desempenho.

Mudanças que o RH vai adoptar num “novo normal”

  • Atenção à saúde física e mental do colaboradores
    As boas organizações perceberam durante a crise a necessidade de investir no bem-estar dos colaboradores para evitar gastos com doenças causadas pelo sedentarismo e stress.
  • Propósito alinhado com a cultura da empresa
    Mais do que um salário elevado e benefícios, os colaboradores querem sentir-se parte fundamental da empresa. Mesmo em home office os colaboradores querem sentir-se integrados na organização. Assim envolver um colaborador passa pelo alinhamento do propósito e da cultura entre colaborador e empresa.
  • Tecnologia e qualidade de vida unidas neste ‘novo normal’
    As organizações tiveram necessidade de se adaptar ainda mais depressa à transformação digital ao terem de de migrar todos os seus processos para o online. Os eventos presenciais tiveram que se adaptar, pelo que as empresas procuraram nesse processo, aplicativos de comunicação interna e gestão que fizessem com que os colaboradores se sentissem parte da cultura da empresa.
pub


Comentários
A carregar...