O número de empresas em Portugal está a aumentar. Saiba em que sectores

Até ao final de Julho, foram constituídas 31 054 novas empresas, o que representa um crescimento de 10,5% face a igual período de 2018, ano em que foi batido o recorde de criação de empresas em Portugal. Os dados são do Barómetro da consultora Informa D&B. Conheça as restantes conclusões.

 

Os sectores da construção e dos transportes mantêm a grande dinâmica que apresentam há vários meses. Desde o início do ano, estes dois sectores, no seu conjunto, são responsáveis pelo nascimento de um quinto de todas as empresas em Portugal, o que representa três quartos do total do crescimento das novas empresas face a 2018.

No sector dos transportes nasceram mais do dobro de empresas que nos primeiros sete meses de 2018. Até ao final de Julho, foram criadas 2 474 empresas, o que se deve sobretudo ao subsector do ‘transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros’.

Na construção, o sector registou um aumento de 31,9% novas empresas face ao período homólogo, sendo este crescimento transversal a todos os subsetores.

Já as actividades imobiliárias, dão sinais contrários, sendo o único sector que regista menos nascimentos de empresas do que no mesmo período de 2018, com uma descida de 6,0%.

O barómetro revela ainda que os dois sectores com maior número absoluto de empresas, serviços empresariais e serviços gerais, registam crescimentos de 5,4% e 2,2%, respectivamente.

Até ao final de Julho, registaram-se 8 732 encerramentos de empresas, o que representa uma descida de 8,7% face ao mesmo período em 2018. Para esta descida, contribuíram sobretudo os sectores da construção, grossista e retalho, representando mais de dois terços do total da descida.

Também as insolvências desceram, até final de Maio, foram registadas menos 8,9% de novas insolvências do que no período homólogo de 2018, mantendo-se a tendência de descida verificada nos últimos anos, embora a um ritmo menos intenso.

Os sectores da indústria, agricultura e outros recursos naturais e transportes são os únicos a registar mais insolvências do que no mesmo período do ano passado. A indústria é o sector com mais empresas com novos processos de insolvência, passando de 300 em 2018 para 353 em 2019.

Ler Mais
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual