Ofereceram-lhe uma contra-proposta? Estas cinco perguntas vão ajudá-lo a tomar a decisão certa

Fizeram-lhe uma oportunidade de sonho, mas, no momento em que apresentou a sua demissão, o seu patrão deu-lhe motivos de peso para ficar? A resposta a algumas perguntas pode ajudá-lo a tomar a decisão pelos motivos certos. 

 

Antes de aceitar uma contra-proposta de trabalho, há, pelo menos, cinco perguntas que deve responder para pesar os prós e os contras, segundo a consultora Robert Walters. A menos que esteja confiante de que os problemas que lhe deram vontade de bater com a porta vão ser resolvidos.

  1. Qual a razão pela qual considerou um novo emprego?: há várias razões que podem indicar que está na altura de mudar de emprego e, assim sendo, deve ter tido um bom motivo para querer deixar o seu actual local de trabalho. Talvez estivesse a sentir que não evoluía com a rapidez que ambiciosa ou que não era bem remunerado.
  2. Tirou tempo para pensar na sua decisão?: separe o lado emocional e pese razões racionais que o levaram a ponderar essa mudança. Tire alguns dias para considerar as suas opções antes de tomar uma decisão, faça uma lista de prós e contras e peça conselhos a familiares e amigos em quem confia.
  3. Um aumento de salário é suficiente para ficar?: por norma, uma contra-proposta é um aumento de salário, o que certamente pesará na sua decisão. Mas pergunte-se ainda: por que razão é que a empresa esperou até agora, quando está prestes a despedir-se, para lhe oferecer um aumento? Vá mais além e não se deixe cegar pela emoção.
  4. O seu futuro na empresa será afectado?: preocupa-lhe a forma como será visto pela sua empresa se afinal decidir ficar? É expectável e talvez até sinta uma diminuição da confiança que depositavam em si, mas irá passar.
  5. O que vai fazê-lo feliz?: embora seja tentador ficar num lugar que já conhece, tire algum tempo para reflectir sobre as suas opções. Sente-se preparado e entusiasmado por trabalhar num novo ambiente? A ideia de mudança agrada-o? Então, talvez seja mesmo altura de mudar de ares.
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
YouTube faz 15 anos: o que mudou e o que ainda vai mudar
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis