Oito erros que deve evitar nas entrevistas de emprego

Foi chamado para uma entrevista de emprego? É sinal de que está um passo mais próximo de alcançar aquela mudança com que tanto sonha. Antes, é importante saber o que deve dizer e fazer – e o contrário também – para causar uma boa impressão. 

 

Embora não haja uma fórmula secreta para triunfar, há alguns erros que deve evitar a todo o custo. Tome nota das dicas da consultora Robert Walters:

1. Falta de preparação
É essencial pesquisar sobre a empresa. Vá além do que está escrito no website corporativo, aprofunde a situação actual da organização, analise as tendências de mercado do sector. Assim irá destacar-se dos outros candidatos.

 

2. Dar explicações genéricas sobre os motivos pelos quais gosta da empresa
Se o fizer, pode parecer que está disposto a aceitar a primeira proposta na área e que não está assim tão interessado na vaga desta empresa. Explique as razões pelas quais quer agarrar esta oportunidade, aponte os aspectos da empresa que considera atractivos e demonstre objectivos bem definidos.

 

3. Não conhecer o seu currículo detalhadamente
Reveja o seu currículo e pratique a forma como vai responder a possíveis perguntas. Não é preciso decorar ponto por ponto, mas deve saber dizer todos projectos em que esteve envolvido, as responsabilidades nos empregos anteriores, assim como as suas conquistas mais importantes, relacionando-os com a oportunidade para a qual se está a candidatar.

 

4. Ter conversas negativas
Evite tecer comentários que afectem negativamente a imagem da sua empresa ou chefia – anteriores ou actuais – independentemente do quão tentador possa ser. É pouco profissional e pode estragar tudo. Foque-se nos aspectos positivos. Experimente dizer «estou à procura de uma função mais desafiante e variada, pois sinto que a actual não está a puxar por mim» ou «uma das coisas que mais me motivam é estar integrado numa equipa dinâmica e, neste momento, o meu cargo actual não pode oferecer isso».

 

5. Estar demasiado tranquilo ou apático 
Demasiada intimidade ou familiaridade e revelar falta de interesse ou entusiasmo: estes são comportamentos que deve mesmo evitar. Tenha um posicionamento amigável, mas profissional. Deve deixar o entrevistador guiar a conversa. No fundo, analise o comportamento da pessoa e adeque o seu.

 

6. Falta de higiene pessoal
A forma como se apresenta e se veste para a entrevista, adaptando o seu estilo à cultura da empresa, é importante, mas é tão ou mais essencial ter atenção à sua higiene pessoal. Por exemplo, se tiver fumado ou bebido um café antes da entrevista, procure ter um rebuçado por perto ou uma pastilha de mentol para refrescar o hálito. Por outro lado, usar um perfume demasiado intenso também pode ter um impacto negativo.

 

7. Falar demasiado
Não caia na armadilha de não ouvir bem a pergunta. Muitas vezes, as pessoas estão tão desesperadas para partilhar a sua experiência e capacidades que acabam por dar uma resposta irrelevante para a pergunta que lhes foi feita. Pode ter excelentes intenções relativamente ao que pretende dizer, mas não force o discurso se não for natural. Além disso, deixe o entrevistador conduzir a conversa: não interrompa ou fale por cima. Espere a sua vez para falar. Além disso, evite fazer várias perguntas antes de sentir que o entrevistador lhe está a dar abertura para isso, caso contrário, pode parecer presunçoso, demasiado nervoso ou mal-educado.

 

8. Não fazer perguntas
Aos olhos dos entrevistadores, isso revela uma enorme falta de interesse e iniciativa. Procure diferenciar-se fazendo perguntas que revelam criatividade e que demonstram que quer saber mais.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90