O futuro do mercado de trabalho nas profissões de gestão humana

«A Gestão de Pessoas terá novamente de se reinventar. Ao profissional do futuro não bastará ter visão abrangente do negócio ou saber definir estratégias e políticas de desenvolvimento de talento. O RH do futuro é um RH criativo, versátil, ágil e flexível. E um verdadeiro gestor da felicidade.» Leia…

A crescente importância do salário emocional

«Um colaborador feliz pode ser 30% mais produtivo. Sendo a felicidade um conceito abrangente, que envolve a realização profissional e a sensação de pertença cultural e de motivação para superar o que está perspectivado, é essencial conhecer os colaboradores e as suas necessidades.» Leia o artigo de…

Cinco medidas (fundamentais) para uma boa comunicação remota

Não ter colaboradores que trabalham à sua frente pode, por vezes, criar obstáculos à comunicação, colaboração, construção de relações e partilha de conhecimentos dentro da sua equipa. Portanto, a ideia de ter uma força de trabalho unificada e remota pode parecer contraditória. Mas não tem de ser.

Da academia às empresas: há muito a fazer nesta “nova Era”

“Era of New Talents” foi o mote para reunir em palco José Miguel Leonardo, CEO da Randstad Portugal; Ana Paula Marques, administradora da NOS; e Daniel Traça, dean da Nova SBE, numa conversa conduzida por Joana Queiroz Ribeiro directora de Pessoas e Organização da Fidelidade, que percorreu o ciclo…

Maria da Luz Penedos: O “coração” que une todas as pessoas

É assim que Maria da Luz Penedos vê a Comunicação na Altran. Envolvendo os colaboradores na criação de conteúdos e mantendo-os alinhados com a cultura e estratégia da organização, acredita que se gera sentimento de pertença, orgulho e motivação.