Quer atrair “colaboradores digitais”? Tenha isto em atenção

A era da digitalização tem modificado em grande escala as empresas, nomeadamente no que toca à gestão dos seus Recursos Humanos (RH) e ao perfil do colaborador digital.

 

Num momento em que é mais importante do que nunca, tirar proveito de todas as vantagens que nos traz a transformação digital, a Talentia Software, fornecedor especializado em soluções de software para gestão de Rendimento Financeiro e Capital Humano, fornece às empresas algumas recomendações para a transformação das suas capacidades digitais e a captação de talento.

 

1. Valorizar o perfil do colaborador digital
Os “colaboradores digitais” são nativos do mundo digital, geralmente milennials, são reconhecidos pelos seus elevados conhecimentos tecnológicos, possuem perfis activos nas redes sociais, são multitaskers e os seus hábitos de consumo são baseados nos valores sociais, na transformação e na participação.

A sua experiência enquanto colaboradores difere um pouco daquela a que se habituaram as gerações mais antigas, sobretudo porque estes perfis valorizam muito o bem-estar emocional no local de trabalho. Num momento em que a digitalização é rainha, e o teletrabalho exige (e permite) um grande avanço tecnológico por parte das empresas, os “colaboradores digitais” podem ser a chave para o sucesso, uma vez que, à partida, estarão melhor preparados para este novo cenário.

 

2. Proporcionar formação contínua e possibilidades de crescimento
Oferecer conteúdos formativos de alta qualidade é uma das formas mais eficazes de reter talento jovem, pois favorece o seu desenvolvimento pessoal e profissional e aumenta a sua eficácia e produtividade, o que por sua vez traz grandes benefícios às empresas. Por outro lado, a formação permite aos colaboradores constatar as oportunidades de mobilidade interna e de crescimento dentro da empresa.

Assim, este período de teletrabalho é propício a que as empresas continuem a investir na formação dos seus colaboradores, não só porque estes podem ter mais tempo, como também para que continuem motivados e ligados à empresa.

 

3. Maior flexibilidade
Os horários flexíveis e a possibilidade de trabalhar a partir de qualquer lugar são factores que, nos últimos anos, têm vindo a melhorar a percepção dos “colaboradores digitais” em relação às empresas, pois estas comodidades resultam numa sensação de liberdade, confiança e de maior autonomia.

O cenário em que vivemos pode obrigar naturalmente ao teletrabalho, mas torna mais importante do que nunca que as empresas concedam a possibilidade de os seus colaboradores trabalharem em horários flexíveis, adaptados à sua nova realidade e às possíveis diferentes necessidades que possam encontrar ao trabalhar a partir de casa.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Reprise, Initiative, Unilever e Somersby são os grandes vencedores dos Prémios SAPO
Automonitor
Já pode encomendar o novo Citroën C1 JCC+ desde os 14.727 euros