Quer ser programador? Academia de Código já tem candidaturas abertas para 2023 (com taxa de empregabilidade de 98%)

Os bootcamps de programação da <Academia de Código_>, startup tecnológica de Impacto Social fundada em 2015, já têm candidaturas abertas aos bootcamps de Janeiro de 2023, que, à imagem das anteriores edições, irão decorrer nas cidades de Lisboa e Porto.

A adesão aos bootcamps da <Academia de Código_> tem vindo a intensificar-se nos últimos anos, devido ao aumento da demanda de talento na área da programação, o que tem atraído cada vez mais pessoas a procurar uma oportunidade de aprendizagem especializada, que lhes permita integrar o sector tecnológico e aumentar as suas condições salariais.

De forma a fazer face a este aumento de candidaturas, a <Academia de Código_> expande o número de turmas a funcionar em simultâneo em Lisboa para três, através da recente inauguração de um novo campus na zona da Matinha, que se somam às já habituais duas turmas na cidade do Porto.«Vemos os nossos bootcamps, não tanto como um curso de programação, mas como uma oportunidade espectacular para se mudar de vida. As muitas e diversificadas histórias de sucesso profissional dos nossos membros da comunidade são prova viva de que uma mudança para muito melhor é efectivamente possível, independentemente da nossa idade, estudos académicos ou estatuto sócio-económico anterior», avança Ricardo Araújo, <Growth Sparker> @ <Academia de Código_>.

E são precisamente esses mesmos alumni que têm «contribuído activamente para o nosso crescimento, referenciando-nos constantemente a novos candidatos, por acreditarem que também eles poderão encontrar connosco uma oportunidade de emprego – e de realização profissional – em algumas das melhores empresas tech do país», acrescenta o responsável.Todos os candidatos que conseguirem aprovação na primeira fase do processo de selecção destes bootcamps até ao próximo dia 15 de Outubro, serão agraciados com o estatuto de early bird, que lhes garantirá um desconto de 500 euros no valor total do curso.

De forma a poder ajudar quem não tem a possibilidade de realizar o pagamento do curso a pronto, a <Academia de Código_> disponibiliza ainda parcerias financeiras com a Fundação José Neves e com o Banco Montepio que, em ambos os casos, permitem adiar o pagamento do curso para uma fase posterior à conclusão do mesmo.Findo o bootcamp, os graduados estão preparados para integrar o mercado de trabalho como Junior Full-Stack Software developers e contarão, para isso, com o apoio da <Academia de Código_>, que agiliza a sua integração em mais de 283 empresas parceiras, como são os casos da Critical TechWork, Deloitte Digital ou Feedzai.A <Academia de Código_> já transformou a vida de 1517 pessoas e, em 2021, registou uma taxa de empregabilidade de 98% nos primeiros três meses após a conclusão do bootcamp, certificada pela Ernst & Young.

As candidaturas podem ser feitas no site da escola.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.