Regressou ontem de férias e está a ser difícil? Siga estes conselhos, vão ajudar

Enquanto que para alguns, o fim das férias de verão significa regressar ao trabalho com “baterias recarregadas”, para outros é sinónimo de uma sensação de ansiedade muito difícil de gerir. O Ekonomista partilhou oito dicas para que o regresso ao trabalho seja mais produtivo e feliz.

1. Evite o regresso abrupto
Evite regressar de férias no dia antes de ir trabalhar. O ideal será dois ou três dias antes, dessa forma vai ter tempo de se readaptar aos horários e rotinas. Organize a casa e tudo o que necessita para que possa regressar ao trabalho de forma suave e tranquila.

 

2. Volte ao trabalho aos poucos

Existem várias dicas para um bom regresso ao trabalho. No entanto, esta é uma das mais importantes, voltar ao trabalho a um ritmo saudável. Uma das formas de minimizar os efeitos do cansaço pós-férias é, efectivamente, fazer um planeamento com antecedência para que não deixe o trabalho todo acumulado para o seu regresso, para que quando retomar, consiga executar pequenas tarefas diárias e manter o seu bem-estar em primeiro lugar.

 

3. Reveja os seus comportamentos e altere-os se necessário

Olhar para o regresso ao trabalho como uma oportunidade de mudança, pode fazer a diferença. Faça uma análise dos seus comportamentos menos saudáveis e que podem e/ou devem ser modificados.

Por exemplo, se acorda, normalmente, em cima da hora e anda sempre a correr logo pela manhã para chegar ao trabalho a horas, porque não começar a levantar-se mais cedo, ouvir a sua música preferida e tomar um bom pequeno-almoço sem pressas? Reflicta sobre o que pode fazer diferente, o que pode fazer para se sentir bem que contribua para o seu bem-estar emocional.

4. Aproveite os tempos livres – reprograme a sua agenda

Tente incluir na sua agenda semanal algumas atividades de que goste. Pode ser ir ao cinema, passear na praia ao final do dia, jardinar, decorar a sala ou jantar com os amigos, o importante é que seja algo que lhe desperte emoções positivas e o faça sentir bem.

 

5. Faça uma lista de prioridades

Pense em tudo aquilo que tem para fazer e escreva-o num papel, por exemplo. A seguir observe aquilo que escreveu e reflita sobre quais são as tarefas que tem andado a adiar e uma forma de as concluir.

Opte por fazer uma lista de prioridades para que encontre as tarefas que não dependem exclusivamente de si para que fiquem concluídas e verá que se sentirá muito mais leve, descansado e organizado.

6. Modifique o espaço de trabalho

Menos é mais. Deixe ficar apenas aquilo de que realmente precisa, mude a disposição dos elementos, renove a decoração do espaço ou simplesmente coloque uma fotografia inspiradora ou um objecto especial na sua secretária.

 

7. Aprenda a desligar-se
O que acontece muitas vezes quando temos excesso de trabalho é o facto de não nos conseguirmos desligar. Ou seja, acabamos por levar trabalho para casa e não conseguimos estabelecer horários e separar o espaço pessoas do profissional.

Mesmo que o trabalho seja muito e tenha ficado acumulado, é importante que aprenda a separar estes dois espaços. Por isso, sempre que possível desligue-se do trabalho quando a partir do momento em que chega a sua casa.

 

8. Dê prioridade ao seu bem-estar
O bem-estar é o centro de produtividade no trabalho e na sua vida pessoal. Está relacionado com a sua felicidade, com os níveis de stress, confiança e sensação de segurança. Depois de ter identificado as coisas que contribuem para o seu estado ideal de bem-estar, faça deles uma prioridade.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*