Sabe que passwords são mais usadas em Portugal? Certifique-se que não as usa e siga estas dicas para criar palavras-passe eficazes

O dia mundial da password é um marco assinalado todos os anos na primeira quinta-feira de Maio e serviu como mote para a Check Point® Software Technologies alertar para os erros mais comuns cometidos pelos utilizadores na criação e gestão de palavras-passe, oferecendo conselhos práticos sobre como manter os dados privados protegidos.

 

Em Portugal as passwords mais utilizadas são “password”, “Portugal” e “123456789”, demonstrando que muitos ainda não tem noção dos perigos cibernéticos.

A Check Point Software partilha as cinco principais práticas que devem ser aplicadas na criação de palavras-passe seguras e robustas:

 

1. Utilize uma combinação de caracteres: Ter uma password composta por frases simples ou de datas significativas para a vida pessoal do utilizador é uma prática muito comum. No entanto, este hábito enfraquece seriamente uma palavra-passe, uma vez que informações como aniversários podem ser facilmente descobertas por cibercriminosos. Para evitar isto, deve utilizar-se sempre uma sequência aleatória composta por uma combinação de diferentes números, letras e símbolos para cada plataforma.

 

2. Uma password diferente para tudo: Com tantas aplicações e serviços que agora requerem detalhes de login, é tentador repetir a mesma palavra-passe para todos eles, mas isto é uma má ideia. Tal como não temos a mesma chave para abrir a nossa casa, escritório ou carro, não devemos usar a mesma palavra-passe, pois isto só facilita aos hackers o acesso a toda a nossa vida digital. Se achar que é difícil lembrar-se de tudo, pode sempre ter a ajuda de um gestor de senhas para gerir e gerar diferentes códigos de acesso robustos.

 

3. Quanto maior, mais forte: É verdade que quanto mais longa for uma combinação, mais difícil é de lembrar. Mas é uma das melhores formas de manter a informação segura, por isso certifique-se de usar pelo menos oito dígitos para reforçar os níveis de segurança.

 

4. Fazer mudanças regulares: Alterar regularmente a sua palavra-passe pode parecer um desafio quase impossível. No entanto, isto pode ser facilitado utilizando o mesmo padrão básico e adicionando diferentes combinações a partir daí. Desta forma, será mais fácil de lembrar e mais fácil de alterar regularmente.

 

5. A autenticação de dois factores é o seu melhor amigo:  Embora a adoção de todas as medidas acima referidas melhore certamente a eficácia de uma senha, é também essencial implementar uma autenticação multifator. Isto porque estão constantemente a surgir novas ameaças, portanto, para garantir a sua total protecção, o facto de ser alertado sempre que um atacante ou pessoa não autorizada quiser aceder à sua conta só irá protegê-lo mais.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*