São essencialmente estas três soft skills que o mercado mais vai valorizar no pós-pandemia

Fala-se muito sobre as soft skills do futuro, e todos concordam como elas são cada vez mais essenciais na carreira de um profissional.

 

Vivemos num mundo em constante mudança e com muitos avanços tecnológicos. Surgem novas necessidades e comportamentos por parte das organizações. Num mercado pós-pandemia quais as soft skills mais valorizadas?

O que são as soft skills?
Podem ser definidas como competências comportamentais que um profissional deve ter para assumir certo cargo dentro de uma empresa. São consideradas atributos pessoais que, juntamente com o conhecimento técnico, fazem parte de um pacote de competências do colaborador.

Com o passar dos anos, o mercado de trabalho está cada vez mais saturado e competitivo. Por isso, as soft skills fazem toda diferença num processo selectivo.

Estas habilidades surgem como propulsoras das hard skills — habilidades técnicas. Quando trabalhadas de maneira correta, a dupla hard e soft skills forma colaboradores com a aptidão necessária para preencher os gaps do mercado.

Quais os impactos da pandemia no mercado de trabalho?
A pandemia do coronavírus mudou a sociedade por inteiro e trouxe um cenário para o qual ninguém estava 100% preparado para lidar: o home office. Desde CEOs, a líderes e colaboradores, a rotina remota é algo que poucos já haviam experimentado.

Nesse sentido, muitas empresas e profissionais foram obrigados a reinventar-se durante este período que não tem previsão de terminar. Destacar-se no mercado de trabalho é, mais do que nunca, essencial para a sobrevivência e triunfo profissional.

Quais as soft skills do futuro?
Perante as mudanças que a pandemia do novo coronavírus trouxe ao mercado de trabalho, os profissionais viram-se obrigados a mudar, adquirindo mais conhecimentos, capacidades técnicas e novas competências comportamentais.

  • Inteligência cultural
    Em tempos como os actuais, a inteligência cultural mostra-se cada vez mais necessária no meio profissional. Com os avanços da globalização e da tecnologia, a população mundial está conectada de inúmeras maneiras aos quatro cantos do planeta.
    Além disso, nesse mundo tão diverso, contamos com inúmeras culturas e diferentes formas de expressão artística. Logo, não é necessário ir muito longe para entender a dimensão e o impacto que isso gera. Saber lidar com tanta pluralidade é uma habilidade cada vez mais necessária no futuro. É uma oportunidade para se desenvolver pessoalmente, considerando aspectos sociais, morais e económicos.
  • Inteligência emocional
    Uma soft skill cada vez mais essencial para a sobrevivência no mercado de trabalho. Separar o pessoal do profissional é algo necessário, mas pode ser uma tarefa um pouco complicada. Com a inteligência emocional, o indivíduo fica mais capacitado e sente-se confiante para lidar com sentimentos e emoções inesperadas.
    Saber equilibrar as diversas emoções, dentro e fora do trabalho, é uma característica que as empresas procuram cada vez mais nos profissionais.
  • Gestão de tempo
    Em constante mudança, avanços tecnológicos e rotinas de trabalho conturbadas, a capacidade de saber lidar com o tempo torna-se uma necessidade para os colaboradores das empresas. O cúmulo de funções, tarefas e responsabilidades é uma realidade na rotina laboral, pelo que é de extrema importância que o colaborador saiba gerir o seu tempo. A gestão de tempo é fundamental numa rotina de trabalho produtiva e trará mais resultados.

 

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*