Schréder abre centro de I&D em Portugal e vai contratar

A Schréder, especialista em soluções inteligentes de iluminação exterior, escolheu Portugal para acolher um novo centro mundial de investigação e desenvolvimento para smart cities e prevê contratar nas áreas de IoT, arquitectura de sistemas e de software e programação.

 

O foco da Scheréder Hyperion será «o desenvolvimento de soluções para cidades abertas, fluídas, conectadas, seguras e sustentáveis», com o apoio da Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP), segundo um comunicado da empresa.

O projecto contará com uma equipa de engenheiros especialistas em IoT, arquitectos de sistemas e de software, programadores e responsáveis pelo desenvolvimento de produtos como o Shuffle – um sistema modular de iluminação que permite integrar sistemas de controlo, altifalantes, câmaras de vigilância, carregador de veículos eléctricos, sinalização, hotspots e banda larga móvel.

Nicolas Keutgen, chief Innovation officer (CIO) da Schréder, faz notar que «a iluminação é muito mais do que luz. São as pessoas e a forma como aproveitamos a tecnologia para melhorar as suas vidas. Este é o caminho inteligente para uma smart city».

Por sua vez, Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, sublinha que «a vinda da Schréder Hyperion com um projecto tão inovador como o das smart cities é uma excelente notícia para Portugal».

Há mais de 60 anos em Portugal, a empresa belga opera no país duas unidades industriais, de luminárias em Oeiras, e colunas em Alverca. Os escritórios da Schréder em Lisboa e no Porto empregam mais de 120 pessoas

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda