Sente-se à beira de um esgotamento? Descubra a causa e como o evitar

Burnout é um estado de stress crónico que leva à exaustão física e emocional, ao cinismo e ao distanciamento, além de sentimentos de ineficácia e falta de realização.

A Organização Mundial da Saúde reconhece o burnout como um “fenómeno ocupacional” resultante do stress crónico no local de trabalho.

De acordo com “The Truth About Burnout” de Maslach e Leiter, existem seis causas para o burnout:

Sobrecarga de trabalho
O trabalho mais intenso exige mais tempo e é mais complexo, o que gera esgotamento, prejudicando a eficácia, a saúde e o bem-estar. Aprenda a dizer “não” educadamente. Converse com a chefia e expresse a sua preocupação de que a qualidade irá falhar se a quantidade aumentar.

Falta de controle
Os colaboradores precisam de alguma autonomia nas suas funções.  Muitos elementos de equipas de trabalho interpretam a microgestão como falta de confiança, privando-os da hipótese de usar o seu julgamento profissional.

Recompensa insuficiente
Isso inclui benefícios extrínsecos – dinheiro, prestígio e segurança – e intrínsecas – fazer o trabalho que se gosta com colegas respeitados com vista a aumentar a experiência profissional. A perda combinada de ambos contribui para a desmotivação.

Pânico de domingo à tarde
Em algum momento de sua vida profissional, já sentiu aquele pavor de domingo à tarde que acontece quando se dá conta de que o fim de semana está quase a terminar e de muito em breve está de volta à rotina? Isto acontece quando o lucro da empresa supera a preocupação com as suas pessoas, dando lugar a um sentimento de afastamento e desmotivação, gerando não raras vezes, tensões entre os colegas de trabalho.

Ausência de justiça
Quando a confiança, a transparência e o respeito estão presentes no local de trabalho, os colaboradores percebem que trabalham num ambiente justo, onde a organização age de forma justa e valoriza cada indivíduo. Estes são elementos essenciais manter o envolvimento do colaborador. A sua ausência contribui diretamente para o esgotamento.

Valores conflitantes
Os valores são conflitantes para os colaboradores quando a cultura organizacional predominante envia a mensagem de que eles não precisam de agir de acordo com os valores da empresa, esses estão apenas no papel. Analise de forma honesta os valores reais da empresa onde trabalha em relação aos seus. Descobriu que comprometeu um ou mais de seus valores para continuar a receber um salário? Isso não é sustentável a longo prazo e as possibilidades de um esgotamento aumentam.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...