Sofia Calheiros & Associados: A inteligência emocional como ponto de partida

A inteligência emocional é definida por Daniel Goleman, psicólogo e jornalista, como “a capacidade que temos para reconhecer os nossos sentimentos e os de outros, e para gerir bem as emoções em nós e nas nossas relações”. É no modelo de Daniel Goleman que a Sofia Calheiros & Associados se inspira os seus modelos de Formação.

 

Ter inteligência emocional é fundamental para o nosso equilíbrio e para a nossa relação com os outros, especialmente nos dias que correm, em que atravessamos adversidades com uma magnitude inesperada. Estamos sensíveis e atentos à falta da inteligência emocional em nós e nos outros. Por exemplo: estamos mais impacientes, cansados, pouco tolerantes ao erro. Incomoda-nos também os erros que nunca se tinham feito. Damos conta da falta de desejo para realizar actividades que antes foram agradáveis. A estranheza de estar em presença deixa-nos perplexos, tanto mais que é obvio que também nos cansa estar online. As falhas de memória são também frequentes, parece que o disco rígido está com bugs – e não, não é demência, é mesmo só fruto deste tempo. Estamos pessimistas e com sensação de sobrecarga. Com dificuldades de concentração, e a adiar tomar decisões. Estamos sem saber como se influencia e lembramo-nos como uma ida às copas, tomar um café abreviava o seguir em frente na venda de uma ideia.

É (mesmo) preciso intervir, porque a maneira como as pessoas se estão a gerir a si próprias, ou os outros, não está a funcionar tão bem. Daqui estamos cheias de curiosidade sobre os novos caminhos e sabemos que a inteligência emocional é a base dos estilos de liderança, que precisamos de utilizar nas diversas situações do dia-a-dia, e que estes, por sua vez, estão altamente correlacionados com o clima organizacional… e o clima explica até 28% da variância dos resultados operacionais. Dá para perceber onde precisamos de actuar? Como podemos elevar a nossa capacidade de responder à realidade actual?

Através de promover a reflexão sobre mim próprio, da capacidade de conhecer-me, e conseguir gerir-me. Também através da capacidade de conhecer os outros, de os ler bem e, por isso, conseguir ter um impacto positivo sobre eles, saber gerir as relações e cuidar da minha equipa.

O nosso olhar de inclusão da diversidade de frameworks tem-nos levado a extrair numa recombinação comprovada. É no modelo de Daniel Goleman que nos inspiramos como o starting point que enquadra os programas de formação da Sofia Calheiros & Associados. A nossa abordagem é sempre activa e experiencial (mesmo em tempos de teletrabalho) e estamos continuamente a criar, testar e refrescar programas e abordagens que permitem, com base na inteligência emocional, desenvolver liderança e impactar no clima para podermos contribuir, com os nossos clientes, para melhores resultados.

O nosso portfolio neste âmbito tem um enquadramento de duas dimensões (Lead Myself e Lead Others – ver na página seguinte) e gostávamos de ampliá-lo consigo, seja em português ou inglês. Curios@s?

 

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Formação”, publicado na edição de Junho (n.º 126) da Human Resources, nas bancas.

Caso prefira comprar online, tem disponível a versão em papel e a versão digital.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...