Startup portuguesa vai contratar 50 pessoas até ao final do ano. Saiba o que procura

Depois de inaugurar a sua terceira dark store no Parque das Nações em menos de um ano, a startup Bairro pretende continuar a aumentar a equipa até ao final do ano. No espaço de cerca de um mês, há 50 vagas por preencher para as funções de estafeta, picker, sub-gerente, gerente, programador e analíticos de dados. 

Até ao momento, a startup conta com uma equipa de cerca de 75 colaboradores, mas pretende ultrapassar a marca dos 100 de forma a garantir entregas em toda a cidade de Lisboa e chegar à cidade do Porto até ao final do ano. Há vagas disponíveis para todas as áreas de actuação do Bairro, no sentido de garantir a máxima qualidade e eficácia do processo, desde o trabalho em armazém ao momento da entrega.Milana Dovzhenko, co-fundadora do Bairro, explica: «Desde que o Bairro foi lançado que a nossa missão é a de continuar a crescer e a consolidar a nossa posição no mercado. Ainda assim, sabemos que esse crescimento só será bem-sucedido se for acompanhado por uma equipa de excelência, empenhada e motivada em fazer sempre mais e melhor. Procuramos reforçar a equipa com o talento necessário para podermos crescer e garantimos as condições para que todos os que se juntem a nós cresçam connosco.»Todos os que se quiserem juntar à equipa do Bairro devem ter, além dos requisitos técnicos associados a cada cargo, experiência na área do retalho alimentar e ainda competências como organização, empenho e, essencialmente, gosto por abraçar novos desafios. Os interessados podem obter mais informações sobre cada vaga e enviar a sua candidatura através do site do Bairro, na área destinada para o efeito.A startup foi criada em Dezembro de 2020 com um investimento inicial de 100 mil euros, direccionado para o desenvolvimento da aplicação móvel e abertura da primeira dark store. Com uma equipa de cerca de 75 pessoas e três dark stores, uma no Marquês de Pombal, outra nas Laranjeiras e a mais recente no Parque das Nações, garante a entrega de produtos frescos em 15 minutos no centro de Lisboa, mas, até ao final do ano, pretende levar a marca à cidade do Porto. Assim que a operação estiver consolidada nas duas cidades, o Bairro tem como missão realizar entregas rápidas em todo o país.

pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*