Três lições de liderança de Barack Obama

Independentemente da nacionalidade ou do segmento em que o líder actua, é essencial que domine duas grandes áreas, o próprio negócio em que exerce sua liderança e a gestão de imagem e pessoas. Mas isto não chega.

 

Assim, a 99 empresas reuniu dicas de liderança de três grandes líderes das últimas décadas: Bill Gates, Steve Jobs e Barack Obama. Destacamos aqui as de Barack Obama.

Ser o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, ainda com ascendência africana, definitivamente não é tarefa fácil. E, para ser reeleito, Barack Obama precisou demonstrar uma liderança exemplar. Com a história que vem escrevendo, percebe-se a importância de:

1. Acreditar nos projectos
Transmitir autoconfiança é premissa básica para qualquer gestor. Não é preciso transparecer que sabe de tudo, mas, como Barack Obama faz, é preciso transmitir que tem confiança nos seus objectivos. O facto de acreditar nos seus próprios projectos faz com que outras pessoas também acreditem.

2. Criar engagement
Enquanto a maioria dos políticos gosta de verbalizar as acções na primeira pessoa do singular (eu farei e eu consegui), Obama fez com que as pessoas se identificassem consigo ao usar constantemente o nós. Desta forma, diversos seguidores e parceiros passaram a ter as metas de Obama como suas. Essa inteligência pode ser chamada de liderança persuasiva.

 

3. Comunicar sempre
Uma importante lição de liderança consiste em aprender comunicar com diversos públicos. E o antigo presidente dos Estados Unidos sabe fazer isso muito bem. Da mesma forma, o gestor de uma empresa precisa de comunicar bem com os seus colaboradores, credores, fornecedores, parceiros e consumidores.

Para comunicar com maestria, Barack Obama usou diversas ferramentas, como cartazes, entrevistas de TV, programas de rádio, email marketing e redes sociais.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...