Três lições de liderança de Steve Jobs

Independentemente da nacionalidade ou do segmento em que o líder actua, é essencial que domine duas grandes áreas, o próprio negócio em que exerce sua liderança e a gestão de imagem e pessoas. Mas isto não chega.

 

Assim, a 99 empresas reuniu dicas de liderança de três grandes líderes das últimas décadas: Bill Gates, Steve Jobs e Barack Obama. Destacamos aqui as de Steve Jobs.

Em apenas 56 anos de vida, Steve Jobs foi capaz de registar o seu nome na história recente da humanidade. Em vida, foi co-fundador da Apple, revolucionando diversas indústrias. Com a sua história, é possível aprender a necessidade de:

1. Ter foco
Um dos ensinamentos mais importantes de Steve Jobs é que mais importante do que saber o que se quer fazer, é decidir o que não se quer fazer. Walter Isaacson, autor da biografia de Steve Jobs, escreveu que o empresário levava os 100 colaboradores mais importantes da Apple para um retiro e, no último dia, questionava-os sobre as 10 coisas que deveriam fazer em seguida. Depois da decisão do grupo e de observar os profissionais a debater, riscava o que achava inviável e definia três coisas da lista final para colocar em prática.

2. Ser simples
Para Steve Jobs a simplicidade é a suprema sofisticação. Por isso, pensava os seus produtos de forma a poderem ser facilmente usados pelos clientes. Nas palavras dele, «é preciso muito esforço para fazer algo simples, entender de verdade os desafios subjacentes e chegar a soluções elegantes».

3. Prezar pela qualidade
No entendimento de Jobs, o mais importante era manter o foco na qualidade. Por isso, enquanto a qualidade dos protótipos não estivesse de acordo com as suas exigências, o produto não era lançado.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...