Um Fundo de Recuperação de 500 mil milhões de euros a fundo perdido e mais 250 mil milhões em empréstimos. É o que a Comissão Europeia vai propor

A Comissão Europeia vai propor um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros para a Europa superar a crise provocada pela COVID-19, revelou hoje o comissário europeu da Economia, Paolo Gentiloni. A notícia foi avançada pela Lusa.

«A Comissão propõe um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros, além dos instrumentos comuns já lançados. Um avanço europeu para fazer face a uma crise sem precedentes», escreveu o comissário italiano na sua conta oficial na rede social Twitter.

De acordo com a agência noticiosa alemã Dpa, dois terços do montante do Fundo, ou seja 500 mil milhões de euros, serão canalizados para os Estados-membros através de subsídios a fundo perdido, e os restantes 250 mil milhões na forma de empréstimos.

A proposta da Comissão prevê que o Fundo de Recuperação – ‘baptizado’ de “Next Generation EU” (Próxima Geração UE) – seja financiado através da emissão de dívida pelo próprio executivo comunitário, que contrairá empréstimos nos mercados com garantias dos Estados-membros.

pub


Comentários
A carregar...