O que o xadrez nos pode ensinar

É considerado um dos jogos mais antigos do mundo, sendo que surgiu por volta do século V na Pérsia, actual território Irão. 

Além de despertar várias skills, o jogo pode ensinar e muito:

1- Benefícios nas salas de aulas: quem joga xadrez consegue ter notas 20% melhores do que aquelas que não aprendem a modalidade. Dados apontam que a prática pode ser uma forma efectiva de combater o Déficit de Atenção e a Hiperatividade.

2- União entre as pessoas: o xadrez evoluiu muito à medida que se espalhou pelo mundo. Como resultado, a sua antiguidade  une pessoas com idades e com experiências diferentes mas que partilham uma paixão comum pelo jogo.

3- Desenvolve a confiança: no xadrez joga-se apenas com um adversário, não há ajuda de uma equipa. Todas acções dependem das suas escolhas, e é aí que ao analisar as derrotas se pode aprender com as fraquezas. A autoconfiança é desenvolvida.

4- Exercita ambos os lados do cérebro: ao jogar xadrez, o cérebro é desafiado a exercitar a lógica, a desenvolver o reconhecimento de padrões, a tomar decisões tanto visuais como analíticas e a desenvolver a memória. Além disso, desenvolve capacidades na resolução de problemas, ajuda na criatividade e na concentração.

5- Ajuda a compreender as consequências das acções: no xadrez existe a rainha, uma das peças mais importantes do jogo, pois pode ser movida quantas casas se quiser e em qualquer direcção. Por vezes, durante o jogo é preciso sacrificar essa peça para ganhar a partida e é exactamente isso que ensina: abrir mão de certas coisas, podem ajudar a alcançar os objectivos a longo prazo.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...