Procura-se talento. As oito bases do employer branding

O conhecimento que o potencial colaborador tem da empresa é fundamental no processo de tomada de decisão. E esta percepção é construída a partir de oito atributos que influenciam a capacidade das empresas de atrair talento. A equipa de Talent Engagement da LLYC identifica-os.

Intelcia: Cultura assente num ADN humano

Na Intelcia acredita-se que o sucesso de uma empresa vai muito além do seu desempenho financeiro. É uma convicção que está no ADN da empresa, que se centra no ser humano e na riqueza da sua diversidade.

Randstad: A capacidade de adaptação como condição de sustentabilidade

Numa altura em que se perspectivam mudanças acentuadas no mercado no pós-crise COVID-19, a flexibilidade das empresas é fundamental para garantir a sua sustentabilidade em tempos de incerteza. O sector de Outsourcing, tendo uma capacidade de adaptação acima da média, pode ajudar.

Galp: Um compromisso de longo prazo com as pessoas

Num contexto cada vez mais competitivo, em que a retenção de talento é um factor decisivo, o foco da Galp passa por construir uma relação próxima com os colaboradores, «tornando-os aliados, fortalecendo sempre a noção que o seu sucesso pessoal está directamente ligado» ao da empresa.

Agap2IT: Mostrar a identidade humana

Em 2020, a agap2IT criou um programa interno de Employer Brand, formalizando o que já era uma constante: inserir o colaborador num todo que é a equipa, numa cultura muito própria.

Avila Spaces: Um cowork que atrai talento

O mais premiado espaço de trabalho partilhado de Lisboa é cada vez mais procurado por grandes empresas que estão a integrar este modelo nas suas políticas de flexibilidade laboral.