“Responsible Business” e Saramago

A opinião de Nuno Moreira da Cruz, director executivo do Center for Responsible Business & Leadership na Católica-Lisbon School of Business & Economics

Chegaram ao fim os cinco dias no escritório. Ou #sóquenão?

A tendência é mesmo falarmos de um workplace híbrido. E tenho ouvido tantas vezes “não dá”, “não vai funcionar”, “é o pior dos dois mundos”, que achei que o tema devia sair do conforto de um almoço de amigos para uma reflexão mais séria, que nos estimule a todos o pensamento crítico.

Standby management: Esperar é estar em movimento

Como no mundo dos sistemas de informação, em que o modo de standby protege os dispositivos contra a perda de dados, também na gestão de uma organização pode ser preciso colocá-la em espera, ao invés de ser simplesmente fechada. Mas quando uma organização adopta um modo de gestão de standby, deve…

As Pessoas estão de volta

Opinião de Luís Roberto, Managing Partner da Comunicatorium e Professor convidado do ISCSP-ULisboa

Inteligência artificial em tudo: A disrupção dos RH

Muitos esperam que os algoritmos ajudem os Recursos Humanos a evitar os seus próprios preconceitos, adicionando consistência e celeridade ao processo de contratação. Mas os algoritmos apresentam, eles próprios, novos riscos: podem replicar preconceitos institucionais e históricos, ampliando…

Luís Martins, administrador da Sogrape: «O nosso propósito é a nossa alma»

A Sogrape nasceu em tempo de guerra, e por isso sempre encarou as crises como oportunidades. Na base do sucesso está a combinação entre a sua essência familiar – que se estende a todos os colaboradores – e um propósito comum, que Luís Martins define como um «movimento rumo a um sonho partilhado que…