COVID-19. The day after

«Se o mundo vai ter de mudar assim tanto, devemos investir tudo na manutenção dos postos de trabalho e das empresas que existiam ou devemos direccionar parte do esforço público de apoio na criação de empresas e postos de trabalho verdadeiramente novos e que permitam aproveitar a crise para efectivar…

Quando o propósito é servir a sociedade

Pioneira em Portugal no estabelecimento de ligações entre os mundos empresarial e o académico, a Siemens materializa estas relações de parceria de diferentes formas.

A crescente importância do salário emocional

«Um colaborador feliz pode ser 30% mais produtivo. Sendo a felicidade um conceito abrangente, que envolve a realização profissional e a sensação de pertença cultural e de motivação para superar o que está perspectivado, é essencial conhecer os colaboradores e as suas necessidades.» Leia o artigo de…

Como criar uma organização com uma ética sólida?

Estudos revelam que a ética é importante para a maioria dos colaboradores e gestores, o que não impede a ocorrência de escândalos. Nenhuma organização está livre de dilemas éticos, que ocorrem no dia-a-dia, mas eles podem ser geridos.

Gestão de Pessoas em tempos de incerteza: 5 aspectos críticos

Enfrentar uma situação como a actual, em que circunstâncias externas inesperadas forçam a sociedade e, consequentemente, as organizações a adoptar novas medidas em tempo recorde, pode ser uma oportunidade para descobrir até que ponto a tecnologia é um aliado imprescindível. E a função de Recursos…

Uma verdadeira revolução de competências

No Grupo Cegos, a nível internacional, e na Cegoc Portugal em particular, o foco não está tanto na formação propriamente dita, mas na transformação que esta pode, e deve, proporcionar, preparando profissionais e empresas para um mercado perante uma verdadeira revolução de competências.

O trabalho no pós-COVID-19 e os ‘enxames’ como nova resposta

«Quando regressarmos aos nossos postos de trabalho e tivermos a necessidade de os adequar a uma nova cultura de trabalho que, entretanto, fomos, colectivamente, ajudando a moldar, o que devemos ter conta?» Filipe Ferreira, co-fundador e sócio da Sfori, dá a resposta.

Hoje todos somos professores e o mundo é a escola

Num mundo onde tudo está em transformação, de forma cada vez mais acelerada, a única certeza é a de que temos de aprender todos os dias. Seja nas escolas, nas empresas ou no universo digital.

Como sabotar uma organização (inadvertidamente)

Algumas das maiores ameaças ao desempenho organizacional podem e vêm de dentro. Há um manual escrito durante a Segunda Guerra Mundial que identifica práticas e padrões intemporais de comportamento humano que tornam as empresas vulneráveis à sabotagem.

Ângelo Valente: O MaRHketing como “arma secreta”

Na realidade, não é mais do que criar sinergias entre as áreas de Recursos Humanos, Comunicação e Marketing, e é esta a aposta de Ângelo Valente para dar resposta aos desafios que a Blip enfrenta, nomeadamente na atracção e retenção de talento.