Vanda de Jesus, Portugal Digital: Mais automatização é mais humanização

Segundo a estimativa da OCDE de Janeiro de 2021, 14% dos postos de trabalho estão em alto risco de serem automatizados. Mas a expressão “alto risco” não deverá induzir receio: o mesmo relatório – que analisa os anos de 2012 a 2019 – indica, aliás, que o emprego aumentou em quase todos os países da…

Elsa Carvalho, CGD: Novas soluções para novos problemas

«No regresso, em Setembro, revigorados pelas férias e pelo Verão, que possam surgir novas soluções e abordagens para novos problemas. E que as soluções, abordagens e acções sejam as verdadeiramente relevantes.» Leia o artigo de Elsa Carvalho, directora Central de Recursos Humanos da Caixa Geral de…

Modelos flexíveis: o(s) elefante(s) na sala

Foi o tema de um dos painéis da XXI Conferência Human Resources, que se realizou já no corrente mês de Julho, e foi também o tema em destaque à volta da mesa. Porque já ninguém afirma que o futuro do trabalho é flexível, ponto. É mais, o futuro do trabalho é flexível, mas.

Gestão RH pós-pandemia: Oportunidade ou business as usual?

Considerando a evolução recente da Gestão de Pessoas e as principais tendências que se perspectivam, pretendo proporcionar uma reflexão sobre se o aparecimento de novas tendências pode ou não catapultar os RH para um posicionamento diferente do actual.

O dia depois de amanhã. E a importância do agora

Será este o tema da XXI Conferência Human Resources, que se vai realizar dia 8 de Julho, n’ O Clube – Monsanto Secret Spot. O que estão as empresas a fazer agora e como perspectivam o futuro? As prioridades e os desafios mudaram?

A pandemia como uma lupa: o que efectivamente importa?

«Numa altura em que discutimos como vai ser o futuro, é importante não esquecer que a lente mágica da pandemia nos ensinou que o que temos de fazer, tem de ser feito agora, porque amanhã pode ser tarde.» Leia o artigo de Isabel Heitor, directora de Recursos Humanos da ANA - Aeroportos de Portugal.

Teletrabalho. Estará a precipitar o burnout dos melhores?

Nesta fase, o foco da maioria dos CEO está mais na sustentabilidade do negócio do que no modelo de trabalho a adoptar, mas há consciência de que a realidade nas empresas dificilmente será igual ao pré-pandemia, até porque se criou uma aura tal à volta do teletrabalho, que as empresas que não o…