Caderno Especial: Comunicação Interna

As relações informais entre os vários membros da empresa são algo que não fica oficialmente registado, mas tem impacto no funcionamento das organizações. Plataformas como o Skype ou as redes sociais podem ser ferramentas para criar uma melhor comunicação a este nível.

Fonte: HR Trends Institute

Da mesma maneira que os cientistas descobriram que as ondas gravitacionais podem ser feitas visíveis, podemos pensar no que pode ser invisível nas empresas, mas que todos dentro da mesma sabem que existe: as relações entre os colaboradores e as redes que existem para lá da estrutura formal.

Naquilo que Frank Roebroek, consultor independente e senior partner do HR Trends Institue, entende por organização informal, os problemas não são vistos nas maneiras formalizadas de registar o trabalho, e é por vezes difícil criar uma comunicação aberta e bidimensional.

Tal como as ondas gravitacionais, algumas partes da organização informal parecem ter até mais gravidade do que outras, como buracos negros, que puxam o trabalho para si. Por isso, para os líderes, perceber a organização informal é crítico, para assim entender o que de facto se passa dentro da empresa.

Leia o artigo na íntegra na edição de Março da Human Resources Portugal e conheça os seguintes casos práticos:

EDP: Instrumento de Excelência

A Comunicação Interna no Grupo EDP serve o propósito de captar e reter o talento, partilhar e reforçar os valores da empresa, contribuindo assim para o envolvimento de todos os colaboradores.

Grupo Vila Galé: Uma Âncora Essencial 

A Comunicação Interna é central na estratégia do Grupo Vila Galé, cujo sucesso depende da qualidade e da motivação das suas equipas.

Jaba Recordati: Elemento Estratégico 

A Comunicação Interna permite o fluxo de informação transversal e bidireccional na Jaba Recordati, com o objectivo de alinhar a estrutura com o negócio, motivando e aumentando o engagement dos colaboradores.

SIVA: Valorizar as pessoas 

A Comunicação Interna garante que os colaboradores estão alinhados com a missão, visão e valores da empresa. Isso é um diferencial que ajuda a fortalecer o negócio e a melhorar o ambiente de trabalho.

Vodafone: Uma peça fundamental 

A Comunicação Interna é uma das áreas-chave de uma sólida estratégia da Vodafone Portugal para recrutar e reter os melhores profissionais. É também a área responsável pela criação de uma cultura de partilha, motivação e sentido e pertença.

Veja também estes cadernos

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Quem conduz os carros eléctricos da Emov?
Automonitor
McLaren Elva: Um roadster de edição limitada com 800 CV