Como é que a regra dos 21 dias pode ajudá-lo a voltar ao ritmo de trabalho

Após várias semanas em casa, a ordem é para desconfinar, de forma faseada e gradual. Para que o regresso ao escritório não se transforme num pesadelo completo, os especialistas defendem que a regra dos 21 dias pode ajudá-lo a lidar com o «novo normal» e a regressar às rotinas.

 

O ser humano necessita justamente de três semanas até ajustar-se a um novo hábito, quer seja alterar a alimentação ou a acordar a uma determinada hora, por exemplo, justificam.

É o caso de Gregorio de la Mora, que estuda o sono e partilhou cinco dicas para facilitar o regresso à rotina, compiladas pelo jornal espanhol “El Economista”. Veja abaixo:

1- Durma. Regresse ao horário que tinha antes do confinamento e reserve entre 10 a 12 dias para se readaptar. Dormir é essencial para o nosso bem-estar.

2- Mantenha uma rotina de sono. Deite-se e acorde todos os dias à mesma hora. O ideal é dormir até oito horas.

3- Faça caminhadas de 45 minutos a uma hora. É uma forma de descomprimir, preparar o regresso com tranquilidade e ganhar força. A única regra é restringi-las à manhã e tarde, evitando praticar exercício três horas antes de deitar-se.

4- Cuidado com a alimentação. Redobre a atenção e recupere hábitos alimentares saudáveis.

5- Mantenha o contacto com familiares e amigos. Ainda que com cuidados e seguindo todas as recomendações das autoridades de saúde, é tempo de retomar as relações.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Reprise, Initiative, Unilever e Somersby são os grandes vencedores dos Prémios SAPO
Automonitor
Já pode encomendar o novo Citroën C1 JCC+ desde os 14.727 euros