Como ter um perfil de Linkedin imbatível em cinco passos

Hoje em dia, o clássico currículo já não é suficiente para “vender” as suas capacidades e não é certo que o irá levar directamente ao seu próximo emprego. A diferenciação é a chave e quando se trata de fazer-se notar, a presença profissional em redes sociais é valorizada. 

 

Se tem perfil no Linkedin, a Robert Walters, consultora de recrutamento especializado, apresenta-lhe cinco dicas simples para tirar o máximo partido desta plataforma, considerada a rede social profissional por excelência.

 

1.  A primeira impressão é tudo

Adicionar uma fotografia ao seu perfil aumenta significativamente as probabilidades de receber uma mensagem no Linkedin. Assegure que a sua fotografia é frontal, com um sorriso e ambiente atrás de si livre de distracções ou profissional. Quando fizer upload do ficheiro, procure alterar o seu nome para nomeapelido.jpg (por exemplo, mariasilva.jpg) para garantir que vai surgir na primeira página de resultados do Google e nos resultados de imagens deste motor de busca quando alguém pesquisar o seu nome.

Em segundo lugar, inclua um resumo profissional. É uma oportunidade para contar a sua história e apresentar-se a potenciais recrutadores ou outros profissionais que visualizem o seu perfil. Garanta que não deixa de fora quaisquer novas conquistas, sucessos e ambições de carreira, e especifique o tipo de postos que possa estar à procura.  Mantenha a informação actualizada, bem como o seu cargo actual. Quanto mais conteúdo tiver, maior será a probabilidade de aparecer nas pesquisas dos recrutadores.

 

2. Actualize a sua experiência de trabalho e conquistas mais importantes

Perfis com experiência de trabalho recebem mais visualizações. Mesmo que não esteja à procura de um novo emprego é importante ir actualizando a sua experiência com todos os novos sucessos que tenha alcançado. O que deve incluir? Certificados, cursos, prémios, línguas, projectos e publicações. Além disso, pode também ter em conta a sua participação em actividades de voluntariado ou caridade.

Não se esqueça de incluir o seu percurso académico, adicionando a universidade ou outro tipo de escolas que tenham a sua própria conta no Linkedin. Pode fomentar oportunidades de networking com alumni e, quem sabe, possibilitar referências para entrar em novas empresas.

Por fim, adicione documentos de apoio ao seu perfil, se aplicável. Reveja o que tem de apresentações, whitepapers e imagens do seu trabalho. Isto vai destacar o seu portfólio visual e apoiar o seu perfil escrito. Mas garanta que tem permissão para partilhar o seu trabalho publicamente, especialmente se houver informação comercialmente sensível incluída.

 

3. Reveja os seus contactos e grupos

Fazer networking eficaz com os seus colegas de profissão ou do mesmo setor pode ser a chave para alcançar as suas metas de carreira, ao encontrar contactos que lhe podem dar a conhecer novas oportunidades. Percorra a sua lista de contactos e reveja quem está na sua rede – haverá pessoas importantes que conheceu recentemente e que ainda não adicionou? Se sim, entre em contacto.

Procure também os seus colegas de trabalho ou novos clientes com quem ainda não se tenha conectado e adicione-os. Quantas mais conexões tiver, maior será a sua rede global, criando assim mais oportunidades a longo-prazo, e aumentando a possibilidade de o seu perfil ser visualizado.

Além disso, verifique a que grupos pertence e se está a participar de forma a retirar algum valor dos mesmos em termos profissionais. Seja qual for o seu sector, pertencer e participar activamente em grupos específicos no Linkedin pode fazer com que esteja em contacto com especialistas da mesma área. Fazer publicações de forma inteligente e participar em discussões de grupo pode levar a que se torne num líder de opinião no mercado.

Talvez haja novos grupos a que possa aderir para expandir os seus horizontes de contactos ou sair de outros que já não são relevantes. Faça uma revisão rápida da sua associação a grupos no Linkedin para garantir que está onde deve estar pode fazer a diferença.

 

4. Recomende outros

Quantas mais recomendações fizer, mais irá receber. Um bom histórico profissional com boas referências ajudará a atrair as atenções para o seu perfil. São as recomendações de outros que irão convencer os recrutadores de que vale a pena apostar em si. Faça recomendações sempre que possível e comprove o efeito de reciprocidade. Se o fizer a longo-prazo, a sua procura pela oportunidade ideal será muito mais fácil.

 

5. Optimize os rankings de pesquisa

Os recrutadores procuram por palavras-chave. Por isso, optimize o seu ranking, incorporando termos do sector no seu título, resumo e experiência de trabalho. Mantenha-se informado sobre as palavras-chave mais utilizadas e certifique-se de usar uma linguagem clara e concisa.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90