Estes dois MBA portugueses estão entre os melhores do mundo

O ranking global QS Executive MBA Ranking 2021 identificou os melhores MBA do mundo. No ranking constam dois MBA de instituições portuguesas.

 

O MBA Executivo da Porto Business School (PBS) volta a destacar-se entre os melhores da Europa, com a subida de uma posição, a nível europeu, que lhe permite alcançar o 38.º lugar no ranking global QS Executive MBA Ranking 2021, que avalia a melhor formação executiva do mundo. Segue-se de perto o ISCTE Executive Education, que está entre os 41 e 60 melhores da Europa. A juntar a esta posição de destaque a nível europeu, o MBA Executivo da PBS está também entre os melhores do mundo, ocupando o 87.º lugar, seguida do ISCTE entre os 101 e 110, a nível global.

Maior participação de mulheres, reputação dos recrutadores, média de anos de experiência de trabalho e reputação académica estão entre os indicadores onde o MBA Executivo da PBS alcançou maior crescimento, contribuindo também para que o mesmo subisse um ponto (48.5, em 2020, para 49.5) na sua pontuação global. No caso do ISCTE, destaca-se muito a classificação de 94.8 pontos no indicador de aumento salarial, sendo também os indicadores do perfil dos participantes e a evolução da carreira avaliados superiormente.

Patrícia Teixeira Lopes, associate dean da Porto Business School, salienta: «Estamos muito contentes por continuar a fazer parte deste ranking, cujos resultados vêm no seguimento da estratégia de adaptação da Escola ao novo contexto, aos seus desafios e às novas necessidades das empresas e dos seus colaboradores».

Pedro Fontes Falcão, co-Diretor do Executive MBA, faz notar que «a aposta na inovação no ensino, a experiência modular na London Business School, e o apoio na gestão da carreira dos participantes tem sido chave para que estejamos no topo  a nível do indicador de aumento salarial».

O QS Executive MBA Ranking 2021 avaliou as formações com base na informação recolhida junto das instituições de ensino e também junto dos empregadores, nomeadamente a reputação dos recrutadores de executivos de todo o mundo. São igualmente tidos em conta o perfil dos alunos que frequentam os programas, o seu salário após a realização dos mesmos e a diversidade do programa.

Este ano, o ranking da consultora britânica Quacquarelli Symonds avaliou cerca de 200 escolas a nível global.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...