Balanço de um ano de pandemia: reinvenção e cansaço

Apesar de o teletrabalho ser genericamente muito bem aceite – e até desejado – pelos profissionais, mais de um ano de “trabalho forçado” em casa, muitas vezes sem a possibilidade de ir ao escritório, nem de vez em quando, está a resultar em claro cansaço do isolamento

Sem fórmulas mágicas, nem únicas

Ainda sem certezas de quando o regresso às empresas poderá ser feito, a maioria dos responsáveis ainda não tem um modelo de trabalho “fechado” para o pós-pandemia. É mais ou menos consensual que o futuro passa por uma maior flexibilidade e por um sistema híbrido, mas, dentro deste, existem várias…

É preciso falar do elefante na sala

Portugal não tinha tradição de trabalho à distância, e aquilo a que temos assistido na maioria das empresas é um remoto forçado, que não veio da cultura de trabalho portuguesa. E nem tudo “são rosas” no teletrabalho.

Conselho Editorial: Navegar à vista

Se por esta altura, no ano passado, as empresas partilhavam com algum “à vontade” os objectivos traçados e as perspectivas para o novo ano, em 2021 a expressão mais ouvida é “navegar à vista”. Até porque depois de um “balão de oxigénio” no Verão e Outono, Janeiro trouxe novo confinamento e, com ele,…

E tudo a pandemia mudou

O balanço de 2020 não é de todo correspondente às “previsões” que se faziam no final de 2019. A economia portuguesa estava em crescimento. A taxa de desemprego estava em mínimos históricos. O Turismo, por exemplo, era um sector de pleno emprego. Entre os principais desafios para as empresas…

As consequências “silenciosas” da COVID-19

Garantir a saúde física dos colaboradores (no que possa depender das empresas) ainda é uma prioridade, porque os números da pandemia continuam a crescer a ritmo acelerado, mas preocupação maior nas organizações é a saúde mental. Este é um risco a aumentar ainda de forma silenciosa e de proporções…

Um admirável mundo novo

No dia 29 de Outubro realiza-se a XX Conferência Human Resources. Depois de, em Julho, o foco ter estado no “Reset – O Dia Seguinte”, propomos agora uma reflexão sobre “O Admirável Mundo Novo – Os Desafios na Gestão de Pessoas para 2021”. O palco físico será o Museu do Oriente, em Lisboa, mas o…

O que esperar (e fazer) nos últimos quatro meses do ano?

As férias de Verão ficaram para trás, as escolas reabriram e as empresas procuram também recuperar alguma normalidade, sendo que os constrangimentos e as incertezas se mantêm. Apesar de as apostas para o regresso divergirem, parece haver consenso numa ideia: ficarmos todos em casa não é a solução.

As empresas estão a recrutar de um lado e a reduzir do outro

Os efeitos da crise provocada pela pandemia continuam a fazer-se sentir nas empresas e ninguém parece ter dúvidas de que os números do desemprego vão aumentar. Mas as empresas vão continuar a precisar de recrutar, perfis específicos, para dar resposta às novas necessidades. Certo também parece ser…

Conselho Editorial. Reset: o dia seguinte

Os últimos meses obrigaram as empresas a várias mudanças, mas agora é preciso estruturar processos e definir caminhos. Parece evidente que “one size does not fit all” e por isso, cada empresa vai ter de olhar para as suas práticas e decidir o que é para parar de fazer, o que é para continuar, e o…

Conselho Editorial: De olhos postos no “novo normal”

«O grande desafio agora é aproveitar o momento e não voltar à normalidade anterior; dar um passo em frente.» E isto não só em relação a alguns processos e formas de trabalho, mas também no recentrar da extrema importância e imprescindibilidade da Gestão de Pessoas nas organizações.