Portugueses descontentes com recrutamento

Os profissionais portugueses estão entre os menos satisfeitos com os processos de recrutamento em que se vêem envolvidos, segundo um estudo da Kelly Services.

Os profissionais portugueses estão entre os que se sentem menos satisfeitos com a sua experiência de candidatura a uma nova oportunidade de emprego. Apenas 35% dos profissionais em Portugal revelam satisfação com este processo, face a uma média de 42% entre os países europeus analisados no estudo Kelly Gobal Workforce Index 2014. Entre os entrevistados, 87% passaram por um processo de recrutamento no último ano.

Grande parte da insatisfação prende-se com a falta de comunicação regular sobre o estado da candidatura, a par da falta de informação sobre o valor do salário e dificuldades em realizar o processo online.

Para Afonso Carvalho, director-geral da Kelly Services Portugal, «é visível que nem todas as organizações tiram o melhor partido do processo de recrutamento. O optimismo que caracteriza esta fase inicial do processo pode desaparecer rapidamente se não for devidamente estruturado, planeado e não lhe forem alocados os melhores recursos. Os resultados do estudo conduzido pela Kelly Services permitem perceber que existe espaço para melhorar esta relação com os candidatos, face ao desafio de saber como assimilar correctamente o talento que se apresenta às organizações».

Os profissionais ouvidos neste estudo apontam a importância de um processo de candidatura simples através de plataformas digitais e a necessidade de actualizações regulares sobre o processo de candidatura como os mais importantes elementos para tornar esta experiência positiva.

O Kelly Global Workforce Index (KGWI) é um estudo de carácter anual conduzido pela Kelly Services sobre o emprego e o ambiente de trabalho. Responderam ao inquérito para a edição deste ano do estudo 13 000 profissionais em Portugal, num total de quase 230 000 profissionais em 31 países.

A terceira fase de resultados desta iniciativa, focada na experiência do candidato, identificou algumas das falhas mais comuns no processo de recrutamento que podem ter um impacto duradouro nas atitudes dos profissionais e no compromisso dos mesmos para com a organização.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*