Ensinar programação a quem mais precisa

Depois do campus de Utrecht, na Holanda, inaugurado em Setembro deste ano, a <Code For All_> (denominação da  <Academia de Código_> nos projectos internacionais) chega agora ao Brasil e Cabo Verde. Só em 2020, a  <Academia de Código_> espera formar mais de 600 programadores.

 

A expansão para o Brasil dá-se com o objectivo de potenciar o acesso a pessoas sem emprego ao mercado de trabalho (na área das Tecnologias de Informação). A <Code For All_> e a ITrends, plataforma de conteúdo e educação sobre tecnologia, irão assim realizar um primeiro bootcamp, gratuito, já no primeiro semestre de 2020 no novo campus da <Academia de Código_> em São Paulo.

Para já, desenvolveram um curso online de “Introdução a Python” disponível na plataforma da IT Trends. Para frequentar este curso não são necessários conhecimentos prévios de programação.

O curso, em português, está desenhado para um mês intensivo de aulas online e, no final, o aluno recebe um certificado digital com a chancela da <Code For All_Brasil>.

Já em Cabo Verde, a expansão acontece através da parceria da <Code For All_>, com a Cabo Verde Digital, uma iniciativa pública para investir na economia digital do país.

<Code for All_Cabo Verde> é a denominação oficial da parceria que pretende a realização de bootcamps intensivos de programação com vista ao fomento da inovação, emprego, educação e consequentemente o desenvolvimento global de Cabo Verde.

Este novo campus da <Academia de Código_> no continente africano vai ficar localizado na Cidade da Praia (Ilha de Santiago) e a realização do seu primeiro bootcamp está previsto para o primeiro semestre de 2020.

«A visão da <Academia de Código_> sempre foi global. A verdade é que existem pessoas sem trabalho em todo o mundo e com o grande crescimento da tecnologia, a falta de programadores é uma realidade em qualquer lado. Estarmos alinhados com as estratégias destes novos parceiros – o Cabo Verde Digital e a IT Trends, é uma grande vitória visto que vamos ajudar a resolver muitos dos problemas locais sinalizados nestas áreas», garante diz João Magalhães, CEO da <Code For All_>.

No total, só em 2020, a <Academia de Código_> espera formar cerca de 600 programadores, prontos a ingressar no mercado de trabalho nacional e internacional.

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Trotinetes hive chegam à app Free Now
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift